A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/01/2014 19:50

André faz reuniões nas secretarias de Obras e Fazenda e retoma “férias”

Josemil Arruda
André conversando com Giroto nesta manhã de segunda-feira (Foto: divulgação) André conversando com Giroto nesta manhã de segunda-feira (Foto: divulgação)

O governador André Puccinelli fez reuniões hoje com dois secretários estaduais, Edson Giroto, de Obras, e Jader Julianelli, da Fazenda, retomando em seguida suas “férias”, que só terminam no próximo dia 28 de janeiro. Segundo Giroto, embora oficialmente esteja de férias, é possível que André aproveite o período para fiscalizar o andamento de obras no interior do Estado.

“Ele passou por aqui, 9 horas, conversamos um pouco e já estava indo embora de novo”, informou Giroto. Indagado sobre o local onde o governador gozará essa nova etapa de suas férias após 14 dias no Rio de Janeiro, agora de apenas uma semana, o secretário não soube dizer.

“Se eu te falar alguma coisa, vou estar mentindo. Acredito que vá ficar no Estado mesmo, pois a família ficou no Rio de Janeiro. Só que ele não agüenta ficar muito tempo longe do serviço. Não me surpreenderia se ele não estiver andando pelo Estado para ver as obras dele. Acredito que está andando quietinho para ver como estão as obras, conferir tudo o que passei para ele”, declarou.

Na reunião com Giroto, o governador pediu informações sobre os investimentos em recapeamento nos municípios. “Ele vai definir critérios, vai chamar os prefeitos. Já eu preciso fazer levantamento para ver que tipo de restauração vamos implantar. Tanto pode ser um concreto a quente, como tratamento duplo com capa seletiva ou com microrevestimento”, apontou o secretário.

Questionado se avaliou com André o andamento das obras, Giroto disse que nesse período há uma lentidão natural, decorrente do mau tempo. “Andamento está normal. Esse mês de dezembro e janeiro é atípico porque diminui ritmo, mas está previsto dentro do cronograma”, argumentou. Também teria discutido com André a avaliação do trabalho das empresas.

Na Secretaria de Fazenda, segundo Giroto, o governador foi ver como está o andamento da arrecadação tributária. “Foi ver como está a receita, sempre zelando também pelo controle dos gastos”, disse. “Eu acompanho com ele todo investimento, os gastos, porque temos a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não podem fazer nada que não termine este ano e caso contrate para superar este ano tem de ficar dinheiro na conta para o ano seguinte”, finalizou.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions