A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/05/2011 16:49

André pede R$ 100 milhões para obras em 10 aeroportos de MS

Fabiano Arruda

Governador cumpre agenda em Brasília nesta quarta

Governador mostra demandas de investimentos para o setor em MS. (Foto: Divulgação)Governador mostra demandas de investimentos para o setor em MS. (Foto: Divulgação)

O governador André Puccinelli, juntamente com a vice, Simone Tebet, ambos do PMDB, pediram nesta quarta-feira, em audiência com o ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt, em Brasília (DF), R$ 100 milhões para reforma e ampliação de dez aeroportos em Mato Grosso do Sul.

Dos listados, são considerados prioridades para o governo do Estado as unidades de Três Lagoas e o aeródromo Santa Maria, em Campo Grande, saída para Três Lagoas.

Para o aeroporto de Três Lagoas foram solicitados R$ 2,6 milhões por conta da expansão do município relacionada à da instalação da fábrica de fertilizantes da Petrobrás, fábrica de celulose, siderúrgica e a empresa Fibria, que cogita ampliar sua produção no município.

“Terão de ser construídos mais 400 metros de pista”, explicou Puccinelli. A reforma visa atender também a demanda de 40 indústrias de menor porte, que necessitam deslocar seus funcionários de forma rápida.

Por sua vez, a vice Simone Tebet justificou a solicitação de recursos sob o argumento de que o número de passageiros vão aumentar com a instalação da fábrica de fertilizantes da Petrobras.

“Há a garantia de que a Petrobras vai investir R$ 2 milhões no local de recepção dos passageiros e três empresas já manifestaram interesse em operar no município: Azul, Trip e Passaredo”, destacou.

Além deste aeroporto, o governador enfatizou para o ministro que o “Governo do Estado se propõe a dar 20% de contrapartida, quando o normal é 10%”.

Os recursos são também para construção, reforma, ampliação e revitalização dos aeroportos de Dourados, Nova Andradina, Naviraí Paranaíba, Costa Rica, Coxim, Maracaju e São Gabriel do Oeste.

O ministro Wagner Bittencourt, que garantiu estudar os pleitos de Mato Grosso do Sul, enfatizou que conta com a participação do Governo do Estado e que vai elaborar uma “agenda de longo prazo” para o setor aeroviário e que pretende “trabalhar em conjunto”.

Além de Puccinelli e Tebet, participaram da audiência os deputados federais Edson Giroto (PR) e Geraldo Resende (PMDB); o deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), além da secretária-adjunta de Estado de Obras Públicas e de Transportes Maria Wilma Casanova Rosa.

Governador vai ao DF cobrar ampliação e reforma do aeroporto de Três Lagoas
O governador André Puccinelli (PMDB) está em Brasília, onde cumpre agenda às 11 horas (DF), na SAC (Secretaria de Aviação Civil) no Ministério da Def...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions