A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

01/09/2014 10:55

André pretende deixar lista com obras prioritárias a sucessor

Aline dos Santos
Puccinelli afirmou que maioria das obras do MS Forte 2 serão entregues até dezembro. (Foto: Marcos Ermínio)Puccinelli afirmou que maioria das obras do MS Forte 2 serão entregues até dezembro. (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) vai deixar uma série de projetos para seu sucessor. Segundo ele, as propostas serão detalhadas com precisão e poderão se levadas adiante caso o futuro governador queira executar. “Caso queiram e tenham as mesmas prioridades elencadas pela população”, afirma.

Puccinelli explica que adotou postura semelhante quando deixou a Prefeitura de Campo Grande após dois mandatos. “Tinha projetos para continuar a Via Morena, o Nelsinho [Trad] continuou. O Imbirussu/Serradinho também era projeto nosso. Vou deixar uma série de projetos executivos”, diz.

As propostas têm como base consultas à população. “Se tivesse dinheiro para fazer o mundo, queria o que em Anaurilândia, em Sete Quedas? A gente pergunta, então tem o detalhamento”, salienta. Conforme o governador, os campo-grandenses queriam o Aquário do Pantanal e a sede da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), obras que estão em curso.

Para o futuro governador, caberá concluir presídios na Capital e os hospitais de Dourados e Três Lagoas. As obras fazem parte do pacote MS Forte 2, lançado em agosto de 2013 e no valor de R$ 3,6 bilhões.

Conforme Puccinelli, todas serão entregues até dezembro, com exceção dos presídios e hospitais. “Em Rio Brilhante, foram 279 casas e assim vai tocando. Não há tempo para que possa estar em todas e não é justo que fiquem esperando”, diz.

Nesta segunda-feira, Puccinelli participou da entrega da reforma na escola estadual Brasilina Ferraz Mantero, no Jardim Leblon, em Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions