A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

31/01/2012 17:20

André volta a afirmar veto por 1/3 da jornada dos professores para planejar aula

Fabiano Arruda e Wendell Reis
Professor tem que ficar na sala de aula para ensinar aluno, disse o governador em entrevista nesta terça. (Foto: Wendell Reis)"Professor tem que ficar na sala de aula para ensinar aluno", disse o governador em entrevista nesta terça. (Foto: Wendell Reis)

O governador André Puccinelli (PMDB) reafirmou, nesta terça-feira, posição contrária a destinação de 1/3 da carga horária dos professores no Estado para planejamento de aulas.

O assunto voltou à tona neste mês após o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) conceder liminar mandando cumprir, neste ano letivo, a determinação, no entanto, dois dias depois, o desembargador Claudio Miguel Abss Duarte tornou a decisão sem efeito após o Governo do Estado recorrer.

“Se tenho convicção que algo é cinza, não vou dizer agora que é preto. Eles (professores) querem hora atividade e eu disse, lá atrás, que não vou dar”, afirmou Puccinelli.

O governador lembrou decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), no ano passado, que considerou constitucional a lei do piso salarial, no entanto, a decisão não vinculou a obrigatoriedade do cumprimento da hora atividade.

“Professor tem que ficar na sala de aula para ensinar aluno. É minha convicção e não vou mudar”, assegurou.

André chegou a declarar, ano passado, que, com os professores fora das salas para executar o planejamento das aulas, o Estado teria que abrir concurso para contratar 2.870 novos professores, o que traria impacto de R$ 49 milhões anuais nas contas do governo.

Do outro lado, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Ensino Público de Mato Grosso do Sul) argumenta que seriam necessários 1,5 mil novos professores.

Maioria é favorável a 1/3 da jornada de professores para planejamento de aulas
A maioria dos leitores que participaram da enquete na última semana votou favorável aos professores terem 1/3 da carga horária destinada ao planejame...
Cai liminar que dava 1/3 da jornada dos professores para planejar aulas
Governo do Estado afirmou que seriam necessários 4 mil professores para cumprir a decisão.Dois dias depois de conceder liminar mandando cumprir neste...


Lugar de professor é na sala de aula, sim!!!, mas com qualidade e tempo para planejamento e estudo, que a complexidade da profissão exige, afinal esse governo não iria investir em educacão? Ou será que o mais importante é priorizar obras que ao menor sinal de chuva vai se deterirando ? Exigindo novamente contratos milionários enchendo o bolso de empreiteiros? Quem responde a essas questões?
 
Valfrido Leite Rolim em 02/02/2012 05:12:17
Quem é contra a educação é contra o desenvolvimento do país. Se a escola pública for boa os filhos dos pobres podem passar a perna nos filhos da burguesia, e isso não é nada interessante. Será que estou errado !?
 
Angelo Fantin em 01/02/2012 12:40:41
E tudo culpa dos professores que é claro trabalham desmotivados pois com salas lotadas e atarefados com planejamentos e provas, perdem seu fim de semana para dar conta do "recado". Parabéns Mato Grosso do Sul é a gente que faz!!!!
 
Christiane Silveira em 01/02/2012 12:04:11
Querido governador caso o senhor não saiba, nós professores por não ter a hora atividade temos que levar muuuuuuito trabalho para casa, e não recebemos extra para isso. O planejamento serve para organizar aulas melhores, elaborar e corrigir provas, e poder dar uma educação de qualidade aos alunos. Mas já que isso não é necessário continuemos com uma escola pública de péssima qualidade.
 
Christiane Silveira em 01/02/2012 12:00:39
qtos q é mesmo um salário de um deputado ??....R$ 26.000,00; daria p pagar qtos salários de um professor????. mas p/q educar a população né....até qdo seremos manipulados por esses políticos q se acham (deuses). se soubéssemos a força q temos.JA PASSOU DA HR DE DARMOS UM ( BASTA ) NISSO..........
 
audy paiva em 01/02/2012 10:45:14
Ninguém está se recusando a estar na sala de aula, a jornada de 1/3 é para que haja mais tempo para planejamento, o que traria mais qualidade, pois quem é professor sabe que nós não temos tempo hábil de realizar todas as atividades extraclasse no planejamento, mas a qualidade não é mesmo uma preocupação dos políticos.
 
BARBARA FERREIRA BRITES em 31/01/2012 10:07:34
Senhor governador, vamos valorizar os professores que merecem receber muito bem por aquilo que produzem, e mais ainda, produzindo um ensino de qualidade mediante um prévio planejamento de suas aulas. Essa despesa é bem inferior àquela que será consumida no aquário/ms. As pessoas somente evoluem quando são capazes de mudar suas convicções ao longo do tempo.
 
jorge oliveira em 31/01/2012 09:40:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions