A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

16/08/2018 11:58

Antonieta diz que desistiu de tentar reeleição para “ajudar o MDB”

Partido lançou o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi, como candidato ao governo

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Deputada Antonieta Amorim lê ofício na sessão da Assembleia, desta quinta-feira. (Foto: Luciana Nassar/ALMS).Deputada Antonieta Amorim lê ofício na sessão da Assembleia, desta quinta-feira. (Foto: Luciana Nassar/ALMS).

A deputada estadual Antonieta Amorim (MDB) desistiu de tentar se reeleger para ajudar a campanha do presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi, ao governo do Estado. Segundo a parlamentar, o diretório dividiu tarefas entre os membros do partido e achou que ela tinha condições de auxiliar a campanha.

"Ia ser muito complicado conciliar as duas coisas". A deputada afirmou que "sempre foi soldado" do partido, por isso, aceitou o papel. Junior Mochi é candidato e a ex-secretária de Assistência Social, Tânia Garib, é sua vice.

A nova função ainda será definida. Afirmando que vai entrar na campanha de Mochi "de corpo e alma", a parlamentar lembrou que tem experiência, já que atuou no time do ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, hoje no PTB, também nas campanhas do ex-governador, André Puccinelli, e do senador Waldemir Moka, ambos do MDB.

Nesta eleição, diversos nomes conhecidos desistiram de se candidatar. Um dos casos é do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), por insatisfação com a coligação que seu partido formou. Puccinelli e a senadora Simone Tebet (MDB) também desistiram do pleito. O primeiro porque está preso e a segunda alegou motivos pessoais para retirar a candidatura.

Alguns vereadores que tinham o interesse de disputar o pleito, também desistiram: Epaminondas Vicente, o Papy (SD) e  Willian Macksoud (PMN).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions