A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/04/2010 16:09

Antônio João acusa o PTB de estar "vendendo a alma"

Redação

O empresário Antônio João Hugo Rodrigues, suplente de Senador de Mato Grosso do Sul, usou sua página na rede social Twitter para acusar seus próprios colegas de partido de estarem "vendendo a alma". A afirmação é em alusão as conversas para para as alianças partido na campanha eleitoral de 2010.

Antônio João, que já presidiu o PTB no Estado, fala claramente em negociações financeiras.

"Acho que valerá a pena ser candidato pelo PTB. O reparte da grana deverá ser ótimo. O negócio é pegar o dinheiro, por na poupança e nem fazer a campanha", postou ontem à noite o empresário.

Antonio João prosseguiu as mensagens de crítica negativa ao partido ao qual é filiado dizendo que "afinal, quem vai querer votar em candidatos que estão em partido que vende a alma".

Por fim, sobrou para o presidente do PTB no Estado, Ivan Louzada. "Pelo sorriso aberto de Louzada, a primeira parcela já saiu. Ele não avisou a ninguém. E vai morrer negando".

Leilão-Nos últimos dias, a Executiva do PTB esteve reunida com os dois candidatos que polarizam as eleições deste ano, o governador André Puccinelli (PMDB), e o ex-governador Zeca do PT.

André, em reunião acompanhada por jornalistas, ofereceu "estrutura" para a campanha do PTB. O governador disse, também, que "dinheiro não será problema".

Zeca, por sua vez, disse que, estando ao seu lado, o PTB pode ter o direito a indicar o candidato a vice-governador, e ainda ter o direito a duas secretarias, em caso de vitória. Também houve a oferta de R$ 1,5 milhão para a estrutura de campanha petebista.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions