A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

10/12/2014 11:58

Após cobrança e demissão, TCE envia a André pedido de aposentadoria

Aline dos Santos
Aposentadoria do conselheiro José Ricardo vai abrir vaga no Tribunal de Contas. (Foto:TCE)Aposentadoria do conselheiro José Ricardo vai abrir vaga no Tribunal de Contas. (Foto:TCE)

Rodeado por polêmica, cobrança de políticos e até demissão de um diretor do TCE (Tribunal de Contas do Estado), o processo de aposentadoria do conselheiro José Ricardo Cabral, que vai abrir uma vaga na corte, caminhou. 

Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, o pedido de aposentadoria foi analisado pela Assessoria Jurídica da Presidência do TCE e encaminhado hoje para o corregedor-geral, conselheiro Ronaldo Chadid. O próximo passo é remeter o processo para o governador André Puccinelli (PMDB), a quem cabe nomear o novo conselheiro.

O trâmite formal será publicar a aposentadoria de José Ricardo no Diário Oficial do Estado. Ele preside o TCE desde outubro, quando o conselheiro Cícero Antonio de Souza se aposentou. José Ricardo, que é bacharel em Jornalismo e Direito, pediu aposentadoria por motivo de tratamento médico.

A demora no processo de aposentadoria provocou a exoneração do diretor de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas do Estado, Nilton Leopoldino Rodrigues. A decisão ocorreu após reclamações dos deputado Jerson Domingos (PMDB), em entrevista à imprensa, e Londres Machado (PR), que reclamou pessoalmente no TCE. O pedido da aposentadoria foi feito em 25 de novembro.

Um dos interessados na vaga é o também deputado Antônio Carlos Arroyo (PR), que teria a promessa do governador de que seria titular do cargo no Tribunal de Contas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions