A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

13/03/2018 13:13

Aprovada a divulgação da gratuidade na operação de reconstrução de mama

Projeto obriga hospitais a divulgar esta informação aos pacientes que precisam deste procedimento cirúrgico

Leonardo Rocha
Deputados aprovaram o projeto durante a sessão desta terça-feira, na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados aprovaram o projeto durante a sessão desta terça-feira, na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)

Os deputados aprovaram, em primeira votação, o projeto que obriga os hospitais a informar os pacientes em tratamento de câncer, que a reconstrução da mama é gratuita e deve ser feito nas unidades de saúde pública que têm condições de realizar o procedimento cirúrgico. A proposta teve o apoio unânime dos parlamentares.

O autor do projeto, o deputado José Carlos Barbosa (PSB), justificou que muitas vezes as pacientes não sabem desta informação, por isso não requisitam o seu direito, depois que teve que retirar a mama em decorrência do câncer. "A situação econômico-social e o limitado grau de instrução de grande parte das vítimas não lhes proporcionam pleno conhecimento ", explicou.

A proposta é que sejam colocadas placas ou cartazes nestas unidades de saúde com os seguintes dizeres: "As mulheres que sofrerem mutilação total ou parcial de mama, decorrente de utilização de técnica de tratamento de câncer, têm direito a cirurgia plástica reconstrutiva".

As unidades de saúde que não cumprirem tais medidas podem sofrer advertência e depois multa em caso de descumprimento, podendo dobrar o valor caso não haja a adequação. Caberá aos órgãos públicos competentes aplicar e fiscalizar a lei, que segundo a matéria, entrará em vigor em 60 dias após a sua publicação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions