A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

01/08/2018 08:18

Assis deixa secretaria e adjunto assume cargo a partir de hoje

Outros 15 foram exonerados e 7 nomeados na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado

Mayara Bueno
Governador Reinaldo Azambuja (à esquerda) ao lado do ex-secretário Carlos Alberto Assis, durante agenda na Governadoria. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo).Governador Reinaldo Azambuja (à esquerda) ao lado do ex-secretário Carlos Alberto Assis, durante agenda na Governadoria. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo).

O tucano Carlos Alberto Assis deixou oficialmente o cargo de secretário de Administração e Desburocratização de Mato Grosso do Sul. A saída, que já havia sido anunciada em abril, ocorre porque Assis vai coordenar a campanha de reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em Campo Grande.

Em seu lugar, assume Édio Viegas, que, até então, era secretário-adjunto da mesma pasta. Nos dois casos, a exoneração e nomeação publicadas no Diário Oficial do Estado são válidas a partir desta quarta-feira (dia 1º). Na mesma edição, o governo comunica outras 15 exonerações e 7 nomeações de servidores estaduais.

Campanha - No fim de julho, Assis disse que o principal desafio de campanha é saber conversar com o eleitor para convencê-lo a acompanhar o processo eleitoral e não deixar de votar. A reportagem tentou novo contato com o ex-secretário nesta manhã, mas as ligações não foram atendidas.

Sobre a nova gestão na secretaria, Carlos Alberto disse, também anteriormente, que a substituição não afetará a pasta, já que os programas e atividades "estão bem organizadas e com bom andamento".

Na eleição de 2016, Assis também deixou o governo momentaneamente para coordenar a campanha da vice-governadora de MS, Rose Modesto (PSDB), então candidata a prefeita de Campo Grande. Também esteve à frente de campanhas tucanas em 2012 e 2014. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions