A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

06/10/2015 15:45

Até prefeitura se confunde, falha e "ressuscita" Olarte como prefeito

Paulo Yafusso
Até prefeitura se confunde, falha e ressuscita Olarte como prefeito

Chamou a atenção o Decreto PE 2945, publicado na página 4 do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta terça-feira, assinado pelo “prefeito” Gilmar Antunes Olarte e pelo “secretário Municipal de Administração” Wilson do Prado, exonerando os servidores Ewerton Ferreira Lopes, chefe de Assessoria I, assessor jurídico, símbolo DCA-4, e Pedro Henrique Batista Doreto, assessor técnico III, símbolo DCA-6.

A assessoria da Prefeitura da Capital informou que a publicação foi uma falha da equipe do Cemin (Coordenação de Modernização e Inovação). O Decreto, com as devidas correções, será republicado no Diogrande que circula amanhã (07). O erro pode ser sido em função do uso de uma mesma matriz, em que são alterados apenas as informações. Só que neste caso o servidor esqueceu de mudar os nomes de quem assina e dá validade ao documento.

Na mesma página 4 do Diogrande de hoje, logo abaixo do Decreto com erro, foi publicado Decreto em que Pedro Henrique Batista Doreto é nomeado para o cargo em comissão de Chefe de Assessoria I – Assessoria Jurídica, símbolo DCA-4. Ele ficará lotado na Secretaria Municipal de Segurança Pública e vai receber gratificação de representação, cujo percentual é de 50%.

Ewerton Ferreira Lopes também foi nomeado, só que para exercer o cargo em comissão de Assessor Técnico III, símbolo DCA-6, também na Secretaria Municipal de Segurança Pública, recebendo 80% a mais no salário, a título de gratificação de representação. Nos dois casos, as nomeações são com data retroativa, a partir de 1º de outubro deste ano. Os dois decretos são assinados pelo prefeito Alcides Bernal e pelo secretário Municipal de Administração, Ricardo Trefzger Ballock.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions