A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/03/2014 19:09

Atual chefe do MPE tem maioria dos votos e deve ser reconduzido ao cargo

Zana Zaidan
Atual chefe do MPE, Humberto de Matos Brittes é mais votado e deve ser reconduzido ao cargo (Foto: Arquivo)Atual chefe do MPE, Humberto de Matos Brittes é mais votado e deve ser reconduzido ao cargo (Foto: Arquivo)

A votação para formação da lista tríplice para a escolha do Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, que aconteceu hoje (28), teve o resultado oficial divulgado há pouco pela comissão eleitoral do Ministério Público: o procurador de Justiça Humberto de Matos Brittes obteve a maioria dos votos (160). A Procuradora Irma Vieira de Santana obteve 63.

Apesar de “tríplice”, esta é a primeira vez na história do órgão em que apenas dois candidatos concorreram.

Agora, cabe ao governador André Puccinelli (PMDB) escolher qual dos dois ocupa a vaga no biênio 2014-2016. No entanto, o fato de Matos Brittes já ter sido nomeado anteriormente pelo governador, indica certo favoritismo para que ele seja reconduzido ao cargo. O Procurador estava à frente do MPE, mas estava afastado para disputar a eleição.

A lista deve ser encaminhada a Puccinelli na semana que vem, conforme o MPE. 

Balanço – Na eleição, cujo voto é obrigatoriamente secreto, participaram 29 Procuradores de Justiça e 169 Promotores de Justiça. Trinta eleitores votaram nos dois candidatos. Matos Brittes recebeu 130 votos individuais que, somados aos outros 30, atingiu 160. Irma recebeu individualmente 33 votos, que somados aos outros 30, totalizaram 63 votos. Três votos foram em branco e dois nulos.

A votação foi aberta às 9 horas, e encerrada às 17 horas. A Comissão Eleitoral conduziu a apuração da votação no Edifício-Sede da Procuradoria-Geral de Justiça, e proclamando o resultado às 18 horas, após ambos candidatos anunciarem que não pretendiam entrar com recurso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions