A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/11/2014 18:42

Atual e futuro governador se reúnem e definem nomes da equipe de transição

Ludyney Moura
André e Reinaldo se reuniram para falar da transição na tarde desta segunda-feira, na governadoria (Foto: Alcides Neto)André e Reinaldo se reuniram para falar da transição na tarde desta segunda-feira, na governadoria (Foto: Alcides Neto)
Reinaldo quer informações da gestão André Puccinelli para iniciar seu governo sem surpresas (Foto: Alcides Neto)Reinaldo quer informações da gestão André Puccinelli para iniciar seu governo "sem surpresas" (Foto: Alcides Neto)

O atual governador do Estado, André Puccinelli (PMDB) recebeu no fim da tarde desta segunda-feira (10) o futuro chefe de Executivo estadual, Reinaldo Azambuja (PSDB), que lhe apresentou a coordenação de sua equipe de transição, que será chefiada por Ednei Marcelo Miglioli, que foi o responsável pela coordenação geral da campanha tucana.

Ao todo, 15 pessoas farão parte do grupo, que terá a participação, por indicação de Puccinelli, da secretária estadual de Administração, Thie Higushi , que irá chefiar a equipe, do assessor jurídico da Casa Civil, Carlos Roberto de Marchi, o Neno, assim como do diretor geral de Orçamento da Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, de Planejamento, de Ciência e de Tecnologia), Nelson Shiguenori Tshushima e do secretário-adjunto da Sefaz, André Cance.

“Nós apresentamos os membros que vão compor nossa equipe. São vários nomes que vão trabalhar dentro de cada secretaria, fundação e autarquia. Queremos saber os nomes dos funcionários, cargos comissionados existentes, os contratos vigentes, relação de serviços terceirizados, e o quanto, por exemplo, está provisionado para a educação para merenda e uniforme”, disse Reinaldo na saída do encontro.

O futuro governador voltou a falar que pretende fazer uma reforma administrativa, e solicitou que o André Puccinelli encaminhe à Assembleia Legislativa, um projeto de lei que propicie mudanças no governo. Azambuja também defendeu redução no número de servidores estaduais comissionados, algo em torno de 1,4 mil funcionários, segundo ele.

“Pretendemos um novo desenho na questão administrativa, redução o número de secretaria, e dividindo a Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), em duas”, revelou o tucano.

“Nós já temos designado quem vai para cada secretaria. Agora temos um reunião técnica, com Thie Higushi, para acertar isso, e tanto ela, quanto o governador, foram muito receptivos. Será uma transição tranquila”, disse Marcelo Miglioli, cotado para assumir a secretaria de obras, hoje nas mãos de Edson Giroto (PR).

O futuro governador tucano, finalizou justificando os nomes de sua equipe adotando critérios técnicos e de confiança. “Vamos ter informações e documentos para ter conhecimento de como está o atual governo para iniciar o nosso governo a partir de 1º de janeiro (2015)”, destacou Reinaldo Azambuja.

Thie Higushi será a coordenadora da transição indicada por Puccinelli (Foto: Alcides Neto)Thie Higushi será a coordenadora da transição indicada por Puccinelli (Foto: Alcides Neto)
Marcelo Miglioli é o indicado por Reinaldo Azambuja (Foto: Alcides Neto)Marcelo Miglioli é o indicado por Reinaldo Azambuja (Foto: Alcides Neto)

Confira os 15 nomes que vão integrar a equipe de transição tucana:

- Ademar da Silva Junior

- Alessandro Menezes de Souza

- Athayde Nery de Freitas Junior

- Carlos Alberto de Assis

- Ednei Marcelo Miglioli

- Eduardo Côrrea Riedel

- Felipe Mattos

- João Bosco de Castro Martins

- Luiz Alberto de Oliveira Azevedo

- Marcio Monteiro

- Marcia Cecília Amendola da Motta

- Nelson Barbosa Tavares

- Rosiane Modesto de Oliveira

- Sérgio de Paula

- Sílvio Cesar Maluf

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions