A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Julho de 2018

09/03/2018 12:31

Audiência vai discutir serviços de telefonia móvel na área rural

Evento vai ocorrer no plenário da Assembleia, na próxima segunda-feira à tarde

Leonardo Rocha
Evento vai ocorrer no plenário da Assembleia Legislativa (Foto: Assessoria/ALMS)Evento vai ocorrer no plenário da Assembleia Legislativa (Foto: Assessoria/ALMS)

Os deputados vão realizar na próxima segunda-feira (12), a partir das 14h, uma audiência pública sobre o serviço de telefonia móvel na área rural de Mato Grosso do Sul. O evento vai ocorrer no plenário da Assembleia, com a participação de produtores rurais e representantes destas empresas.

A intenção do evento é discutir o tema que gera muitas reclamações dos produtores rurais e pessoas que moram no campo, em relação a falta de sinal dos serviços de telefonia móvel. A audiência foi proposta pelo deputado João Grandão (PT), em parceria com os deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet (PT).

O petista ponderou que a intenção é "buscar caminhos" para que o serviço melhores. Segundo ele, foram feitas uma série de reivindicações de assentados que não tem acesso a comunicação e relatam dificuldades com os sinais dos celulares. Ele citou áreas de algumas cidades como Sidrolândia, Nioaque, Bandeirantes, Jaraguari Itaquiraí, Eldorado, Assentamento Itamarati.

CPI - Há quatro anos os deputados montaram uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar eventuais danos aos consumidores por falta de sinal ou problemas com a telefonia móvel no Estado. A comissão foi criada em junho de 2014 e seguiu com trabalhos até dezembro daquele ano.

No final foi realizado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre as empresas e o Ministério Público Estadual, onde as mesmas ficaram responsáveis por aumentar investimentos no setor, promover prestação de contas a cada semestre, melhorar os serviços prestados, assim como promover mutirões para discutir contas indevidas e retirar dúvidas.

Também foi acordado que as chamadas "zonas de sombra", onde não possui sinais da telefonia, seriam apresentadas aos clientes, na hora em que as empresas fossem vender os telefones.

Procon notifica operadoras de telefonia por problemas nos serviços oferecidos
O Procon (Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor) de Corumbá –a 419 km de Campo Grande– notificou as operadoras de telefonia Oi e Vivo ...
Empresa de telefonia móvel é condenada a pagar R$ 300 mil por mau serviço
A 1ª Vara da comarca de Bataguassu - cidade localizada a 335 km de Campo Grande - determinou que a Telefônica Brasil S.A, nome pela qual opera a Vivo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions