A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/01/2015 16:46

Azambuja irá rever contratos, repasses e só terminará Aquário após auditoria

Ricardo Campos Jr. e Leonardo Rocha
Reinaldo tomou posse durante a tarde desta quinta-feira. (Foto: Marcelo Calazans)Reinaldo tomou posse durante a tarde desta quinta-feira. (Foto: Marcelo Calazans)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) irá começar o mandato revendo valores de contratos, repasses e quer garantia da segurança jurídica da obra do Aquário Pantanal, segundo anunciou nesta quinta-feira (1º), logo após tomar posse na Assembleia Legislativa.

Ele questiona o envio de mais verbas para o Ministério Público Estadual e Tribunal de Justiça, além da compra de imóveis para a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), enquanto estava pendente a compra dos kits escolares para os alunos da rede estadual.

Dada a proximidade do ano letivo, ele pretende fazer um pregão emergencial para contratar uma empresa para adquirir esses itens.

Sobre o Aquário, ele diz que “embora respeite o valor de R$ 34 milhões que a Assembleia aprovou para a conclusão das obras”, só vai mexer no empreendimento após uma auditoria a ser feita por uma equipe especializada. “Queremos segurança jurídica, pois ela começou com R$ 87 milhões e hoje já passou dos R$ 200 milhões”, diz.

Posse - Em um discurso emocionado, ele citou o pai e anunciou as primeiras medidas. O tucano reduzirá o próprio salário pela metade e levará mutirões de saúde para várias regiões do Estado. Em um plenário lotado, Reinaldo foi empossado governador pelo presidente da Assembleia, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB). Em seguida, o governador fez o primeiro discurso.

Ele prometeu um Governo voltado para viabilizar projetos para os pobres. O governador destacou que a vice-governadora Rose Modesto (PSDB) assume a Secretaria de Direitos Humanos e Assistência Social com a missão de priorizar as ações voltadas para os mais carentes.

“Vamos colocar Mato Grosso do Sul no lugar onde merece”, prometeu. O discurso segue na Assembleia. Em seguida, Reinaldo concederá entrevista coletiva e segue para a transmissão do cargo na Governadoria.

 

Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions