A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

14/07/2016 13:38

Bancada federal de MS espera que novo presidente da Câmara recupere confiança

Maioria dos deputados federais do Estado votaram para eleger Rodrigo Maia

Mayara Bueno
Deputado Geraldo Resende (PSDB). (Foto: Arquivo)Deputado Geraldo Resende (PSDB). (Foto: Arquivo)
Dagoberto Nogueira (PDT). (Foto: Arquivo)Dagoberto Nogueira (PDT). (Foto: Arquivo)

Os deputados federais de MS esperam que o novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), restabeleça a confiança e traga mais ética. O deputado foi eleito na quarta-feira (13) por 285 votos favoráveis e substituirá Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou ao cargo semana passada. O substituto teve o apoio da maioria da bancada federal de Mato Grosso do Sul.

Para o deputado Geraldo Resende (PSDB), que votou a favor de Rodrigo, a expectativa é que o novo presidente cumpra os objetivos prometidos antes de ser eleito e traga tranquilidade para a Câmara dos Deputados, que atualmente vive processo de cassação do mandato de Cunha. “Que ele coloque em votação os projetos importantes, além de restabelecer a confiança, tirar de vez a Câmara das páginas policiais e criar um clima mais favorável”, disse.

Rodrigo Maia venceu o candidato considerado favorito Rogério Rosso (PSD-DF) no segundo turno. A votação da presidência da Câmara foi secreta e realizada por meio de urnas eletrônicas localizadas em 14 cabines instaladas no plenário.

Com voto a favor de Rodrigo Maia, Dagoberto Nogueira (PDT) acredita que o novo presidente trará melhorias para o Legislativo Federal. “Melhor do que estava. Acho que agora teremos mais ética, educação e respeito”, disse. No primeiro turno, o parlamentar votou no deputado Marcelo Castro e optou por Maia, na segunda votação, em virtude do vínculo que Rosso tem com Eduardo Cunha. “Ele só perdeu por causa disto”.

Deputada federal Tereza Cristina (PSB). (Foto: Arquivo)Deputada federal Tereza Cristina (PSB). (Foto: Arquivo)
Carlos Marun, deputado federal pelo PMDB. (Foto: Arquivo)Carlos Marun, deputado federal pelo PMDB. (Foto: Arquivo)

A deputada federal Tereza Cristina (PSB) também apoiou o novo presidente, já que “os posicionamentos dele são de acordo com os do partido”. Acredita que poderá fazer um bom mandato. “Os dois são bons (Rodrigo e Rogério), mas por uma questão de coerência apoiei o novo presidente”. Luiz Henrique Mandetta (DEM) também votou a favor de Rodrigo.

Aliado de Cunha na Câmara dos Deputados, o deputado Carlos Marun (PMDB) votou no candidato derrotado Rogério Rosso, mas acredita que o deputado eleito “será um bom presidente”. “O problema são eventuais compromissos assumidos com o PT, que votou em peso nele”, disse.

A reportagem do Campo Grande News não conseguiu contato com os deputados José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, Elizeu Dionizio (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), que não atenderam às ligações. O telefone de Vander Loubet (PT) deu sinal de desligado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions