A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

09/03/2014 11:56

Bernal aciona “tropa de choque” para sair em defesa nos bairros e feiras

Leonardo Rocha
Secretários de Bernal entregam panfletos em defesa ao mandato de Bernal (Foto: Cleber Gellio)Secretários de Bernal entregam panfletos em defesa ao mandato de Bernal (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) acionou uma “tropa de choque” feminina para fazer a defesa do mandato nos bairros e feiras livres da Capital neste domingo (9). Secretárias do prefeito e assessores se dividiram em panfletagem, onde expuseram os projetos e ações de Bernal, além de incentivar a população a participar da sessão do julgamento do mandato, marcada para o dia 12 de março.

O grupo pequeno, de cerca de 10 pessoas, começou pela Feira do Guanandi, mas não tinha nem sequer os vereadores que apoiam o prefeito. “Estamos mostrando a população o que o Bernal fez durante um ano e dois meses a frente da prefeitura, como valorização do servidor, redução do passe de ônibus e ações na saúde, vamos mostrar que ele merece ficar na prefeitura”, disse a secretária municipal da Mulher, Jacqueline Hildebrand Romero, durante caminhada na feira do Guanandi com o camiseta "Secretarias em Ação".

Ao seu lado, durante a panfletagem, a titular da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Leila Machado, afirmou que esta iniciativa visa conscientizar a população sobre o processo político de Campo Grande, para que as pessoas possam acompanhar o andamento do processo.

“Temos que alertar a população sobre o que está acontecendo e pedir que eles acompanhem tudo pelas mídias sociais e para aqueles que estiverem a disposição irem até a sessão de quarta-feira”, explicou ela.

Já a secretária da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande), Ritva Viera, preferiu partir para o ataque aos vereadores, ressaltando que este julgamento não passa de um “golpe político” e que eles não têm direito de ir contra o voto popular.

“Se quiserem retirar o prefeito precisam esperar a próxima eleição e vencer nas urnas, viemos até aqui conscientizar a população e incentivá-los a participar da sessão de quarta-feira”, afirmou ela.

Ritva ainda revelou que foram entregues 5 mil panfletos na feira do bairro Guanandi e que o grupo estava seguindo para feira da região das Moreninhas. “Haverá ações em toda cidade durante este domingo e nos próximos dias, estamos empenhados nesta campanha”.

Além de falar das ações de Bernal, os panfletos ainda acusam os vereadores de “golpe” com a sessão de julgamento da Comissão Processante. Depois de elencar os projetos da administração o panfleto deixa um recado: “E mesmo assim querem cassar o mandato do prefeito e dar um golpe na nossa democracia. Vamos reagir”.

Leila Machado ressaltou que a população precisa acompanhar o processo pelas mídias sociais (Foto: Cleber Gellio)Leila Machado ressaltou que a população precisa acompanhar o processo pelas mídias sociais (Foto: Cleber Gellio)
Para Ritva Vieira julgamento não passa de um “golpe político” (Cleber Gellio)Para Ritva Vieira julgamento não passa de um “golpe político” (Cleber Gellio)


Até que enfim a os Vereadores irão (isto se não aparecer alguém de alta instância com as mãos (in)devidamente molhadas e barrar novamente os trabalhos) defenestrar este incompetente e mal intencionado "radialista" que se aproveitou de sua popularidade por trás de um microfone e seu grau de convencimento frente ao seu ouvinte menos seletivo, para, através de seus devaneios convencê-los de que a cidade estava mal administrada, que toda a transformação por que vinha passando Campo Grande era maléfica a seus olhos e que somente ele poderia fazer melhor, pronto, bastou a crença deste grande eleitorado para atirar nossa Capital no maior abandono jamais visto em sua história, e ainda á quem o defenda sob a alegação de "golpe", golpe em quem? se ele que protagonizou o maior golpe no eleitor.
 
Antonio Mazeica em 10/03/2014 10:39:29
Chefes de pasta do município (incluindo uma recém criada) fazendo panfletagem?
Mais duas conclusões para o Demis, abaixo:
4 - Pasta que não trabalha pode colocar secretário pra fazer propaganda, não faz falta.
5 - É tudo manobra pra legitimar aquela galera que o prefeito traz em ônibus fretado lá dos distritos e Terenos, afinal, se ele panfletar por aí pode dizer que 'convocou e a população atendeu', pra não ficar tão feio quando colocar aquela galera que vem não se sabe de onde ocupando e badernando os bancos da câmara em dia de sessão. Esse aí aprendeu bonitinho a política do pão-e-circo.
Amém!
 
Eder Alessandro Calixto de Lima em 10/03/2014 09:11:13
Preocupadas em não perder a boquinha naquele cabide de empregos.......
 
Marcos Cézar Coutinho Scanoni em 10/03/2014 08:52:04
A "Tropa de choque" está interessada em manter seus cargos, e isso significa manter o prefeito!!!
Não estão preocupados com a população, mas sim buscando manipular a mesma!!!
Lamentável!!!
 
Renata Antunes em 10/03/2014 08:44:31
esse bando de secretario baba ovo que tem medo de perder o cargo tem sorte de nao ter entregado um panfleto desses pra mim, pq elas escutariam tanto, mas tanto, que passariam de volta recolhendo, primeiros 6 meses a dengue nao deixou ele trabalhar, depois os vereadores, agora vereadores de novo, depois copa e eleiçoes, e me fala quando vai trabalhar, se nao tem competencia pede pra sair....... FRAQUINHO DEMAIS ESSE HOMEM, se fossem campograndenses mesmo, teriam vergonha de defender esse fraco, #caçaBernal
 
adriano rodrigues em 10/03/2014 08:31:55
3 conclusões da notícia acerca da atitude dessas pessoas:
1ª Validade do brocárdio "diga-me com quem andas e te direi quem és" : se o prefeito, em uma análise imparcial, é incompetente e irresponsável na Prefeitura (não sou eu quem digo, mas os resultados de sua própria administração)...qual será a qualidade dessas pessoas que sairam em sua defesa?
2ª São pessoas que receberam alguma espécie de benefício do Prefeito: recebem gratificação de função. Alguém com bom senso iria contrariar "a mão que te alimenta"?, por mais incapaz que o chefe fosse?
3ª Demagogia pura: as referidas, titulares de função na Administração do Prefeito, não devem conhecer Campo Grande...mato crescendo nas ruas, falta de obras de mobilidade, crianças comendo "sebo" na merenda escolar, sem uniformes e material.
 
Demis Guedes Soares em 10/03/2014 08:10:39
Ta aí um grande problema para a policia militar dia 12, com certeza a Câmara municipal vai ser invadida por pros e contras a cassação do prefeito, entre esses alguns radicais que com certeza vão tumultuar a sessão, aí a policia tem que agir e nestes casos as consequências são imprevisíveis.
 
juvenil marques do vale em 09/03/2014 20:48:11
Uma tremenda falta de respeito com a população que apesar de tudo acabou votando nesse senhor sem competência para administrar nossa cidade... cidade que alavancou com o crescimento passou a ser reconhecida no cenário nacional hoje fica abandonada... ao invés de procurar sanar as necessidades de nossa população sempre arrumando desculpa de que não o deixam trabalhar pior ainda são esses funcionários ridículos que ficam buscando ajudar esse fraco sem braço para assumir seu papel na administração pública... em outras palavras safados que ficam sugando o dinheiro público ficam gastando nosso dinheiro com panfletos sem incentivo algum sem qualquer objetivo, visando apenas sua sustentação no cargo para que possa nesse período usar as mordomias e não realizar nenhuma ação para com nossa cidade..
 
César Catunda em 09/03/2014 17:45:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions