A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/08/2013 16:23

Bernal afirma que escolheu assessora "por ser a mais próxima"

Lidiane Kober
Bernal disse que Ratinho abriu espaço à cantora por ser amigo de Campo Grande (Foto: Cléber Gellio)Bernal disse que Ratinho abriu espaço à cantora por ser "amigo de Campo Grande" (Foto: Cléber Gellio)

Entre tantos artistas sul-mato-grossenses, o prefeito Alcides Bernal (PP) disse, nesta quinta-feira (1), que optou por levar sua assessora, a cantora Natália Cabrera, ao Programa do Ratinho “por ser a mais próxima”. Ele garantiu ainda que a artista estava, na quarta-feira (31), de folga e que pagou a passagem de avião a São Paulo para gravar o programa, assistido de camarote por Bernal.

“Escolhi ela talvez por ser a mais próxima no momento, mas vamos levar muitos artistas e abrir espaço a todos”, afirmou Bernal, após o sorteio dos prêmios do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), na Central de Atendimento ao Cidadão.

Segundo ele, Ratinho abriu espaço em rede nacional à prefeitura por ter “uma amizade por Campo Grande”. “Somos colegas de profissão, de rádio”, acrescentou.

Ainda no sentido de reforçar nenhum investimento da prefeitura no programa, o prefeito comentou que “na vida nem tudo é dinheiro”. Ele também assegurou que sua assessora pagou todos os gastos para ir a São Paulo gravar a participação. “Ela estava de folga, o programa foi à noite”, completou a fim de afastar prejuízos ao erário público.

Natália Cabrera assumiu cargo de confiança na prefeitura em janeiro e recebe salário mensal de R$ 1.514,12. Ela trabalha com o prefeito desde que ele era radialista e vereador. Quando Bernal se elegeu deputado estadual, a jovem se tornou assessora parlamentar e até ganhou uma homenagem com a entrega da medalha “Tom do Pantanal - Arara Azul” na Assembleia Legislativa em 2011. Nascida em Concepcion, no Paraguai, ela se formou no curso de Letras.

Além de participar do Programa do Ratinho, Bernal disse que conversou com o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tato, sobre iniciativas para melhorar a mobilidade urbana em Campo Grande. Também teria discutido com empresários sobre investimentos em Campo Grande. Provocado para citar nomes, ele disse: “não vou falar”.



Dentre tantos artistas de excelente gabarito que possuímos aqui no estado, o dito prefeito escolhe uma Paraguaia. Nada contra nossos vizinhos, mas esse "jabá" tá forte hein! E não me venha com essa conversa de que o Ratinho abriu espaço, isso não existe em rádio e TV, e muito menos abriu espaço para Campo Grande. Bela história pra boi dormir.
 
Sérgio Arantes em 02/08/2013 02:34:21
CHEGA DESSA POLEMICA!! PRA QUE TANTA DISCUSSÃO EM CIMA DESSE ASSUNTO...PASSOU,ACABOU,ME PARECE EXCESSO DE PRESSÃO DA OPOSIÇÃO!!!
 
RAFAEL ALVES em 01/08/2013 17:16:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions