A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

22/09/2015 09:58

Bernal cria 65 cargos em comissão com salários de até R$ 10 mil

Antonio Marques
Prefeito da Capital criou novos cargos na estrutura do município (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Prefeito da Capital criou novos cargos na estrutura do município (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) criou 65 cargos de confiança para compor a assessoria da prefeitura, conforme foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande de ontem, 21, com data retroativa a dia 18 passado, com salários que variam de R$ 1.307,66 a R$ 10.098,90. No total, o gasto mensal pode chegar a R$ 185,5 mil.

De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial de Campo Grande, são cargos novos, mas "sem aumento de despesa", sendo 47 cargos de assessor III (símbolo DCA-9), com salário inicial de R$ 726,48, podendo chegar a R$ 1.307,66 somado a gratificação de 80%; 15 cargos de assessor II (DCA-8), com salário inicial R$ 1.091,68, podendo chegar a R$ 1.965,02, com 80% de gratificação.

Também foram criados 5 cargos para assessor executivo I (DCA-1), com salário inicial de R$ 5.049,45, somada a gratificação de até 100%, o valor pode chegar a R$ 10.098,90, mesmo valor para dois cargos de assessor especial I (DCA-1). Mais dois cargos para assessor executivo III (DCA-3), com salário de R$ 3.189,03, somada até 100% de gratificação, o valor vai até R$ 6.378,06; e um cargo para assessor especial (DCA-2), com R$ 4.039,56 de vencimento, que pode chegar a R$ 7.271,21, considerando até 80% de gratificação.

Segundo o prefeito Alcides Bernal (PP), uma das preocupações de sua administração é o corte de gastos para recuperar o equilíbrio das contas públicas que, conforme dados apresentados por ele mesmo na Câmara Municipal, na semana passada, ficou sem controle na gestão do prefeito afastado Gilmar Olarte, justamente pelo gasto excessivo com pagamento de comissionados.

O Campo Grande News procurou a assessoria de imprensa para confirmar se os 65 cargos criados são para atender a assessoria direta do Executivo, porém até o momento de fechamento da matéria não houve retorno.

PMDB retoma processo para mudar nome e voltar a se chamar MDB
A direção do PMDB retomou um processo interno para mudar o nome da legenda para MDB (Movimento Democrático Brasileiro), abandonando a denominação de ...
Reinaldo diz que corte de gastos do Governo Federal é preocupante
O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), admitiu, nesta quarta-feira, 16, preocupação sobre os reflexos do pacote de medidas do ...



Mas que maravilha!!! Eu só acredito porque estou lendo, rsrs.
 
Ezequiel em 22/09/2015 14:03:43
Entra Prefeito, sai Prefeito e a curriola é sempre a mesma.
Vejam o disparate: " - Segundo o prefeito Alcides Bernal (PP), uma das preocupações de sua administração é o corte de gastos para recuperar o equilíbrio das contas públicas que, conforme dados apresentados por ele mesmo na Câmara Municipal, na semana passada, ficou sem controle na gestão do prefeito afastado Gilmar Olarte, justamente pelo gasto excessivo com pagamento de comissionados.' ´Parece piada, mas não é...
É o seu dinheiro contribuinte que vai para o bolso dos apaniguados...! A Solurb diz que não recebe em dia, a Santa Casa está desde maio sem novo cotrato, a cidade imunda, depauperada, jogada às traças. Quanta saudade do "italiano", a cidade fluía em obras, estava parecendo uma capital de verdade.
 
Barbarossa em 22/09/2015 13:53:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions