A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/01/2013 22:52

Bernal diz que está recebendo uma administração que não tem dinheiro

Carlos Martins
Em entrevista à imprensa, Bernal disse que equipe jurídica irá analisar contratos (Foto: João Garrigó)Em entrevista à imprensa, Bernal disse que equipe jurídica irá analisar contratos (Foto: João Garrigó)

O anúncio feito por Nelsinho Trad, que disse entregar a prefeitura com um caixa de R$ 243 milhões, foi questionado pelo prefeito Alcides Bernal. Em entrevista à imprensa, logo após a sua posse, ele disse que grande parte dos recursos é “carimbado”. Destes recursos, mais de R$ 200 milhões são receitas vinculadas ao IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e do SUS.

“Esse anúncio que se deixa mais de 200 milhões em caixa é um anúncio dúbio. Na verdade essa verba já e carimbada e a prefeitura, o prefeito, não poderá usá-la na administração como gostaria. É mais uma noticia para tentar sufocar esse problema sério que está aí presente”, disse Bernal.

Ele enfatizou que está recebendo uma administração que não conta com dinheiro. “O orçamento que está aí foi reduzido, aumentaram muito as despesas, aprovaram aumentos que a população sabe, muito questionáveis e vamos enfrentar dificuldades”, avaliou. Ele alertou a população de que a perspectiva para este ano é enfrentar dificuldades.

“Vamos trabalhar. Esse primeiro ano é de dificuldades. Muitas obras com problemas, a cidade está esburacada e suja. São problemas no atendimento médico, epidemia de dengue. A população sabe, e nós vamos nesse primeiro ano enfrentar dificuldades, mas tenho certeza que vamos superar”,

Dengue – Ao falar sobre a dengue, o novo prefeito disse que o problema existe e deve ser enfrentado. “Temos que ir para a realidade. Temos muitos casos notificados diariamente. Há, inclusive, notícias de falecimento”, afirmou. Segundo Bernal, ele tem notícia de que pelo menos uma pessoa já morreu em decorrência da dengue. Ele disse que irá fazer um chamamento a toda a população para que ajudem no enfrentamento do problema.

“Vamos fazer um mutirão da saúde. Todas as secretarias estarão engajadas. Vou fazer um chamamento a toda a população para que participem do processo. Vou procurar o auxilio do Exército, da Força Aérea”, anunciou.

Taxas – Outra medida que ele tomará, e que já havia anunciado em seu discurso, é quanto à questão dos tributos. Ele disse que irá montar uma comissão para que se faça uma avaliação sobre os impostos. “Tudo é muito caro, taxas, tarifas, impostos. Eu quero fazer um estudo para que nos possamos ter aqui uma redução da carga tributária”.

Bernal disse, ainda, que colocará técnicos para avaliar item por item do decreto 12.074 assinado no último dia útil de 2012. Ele prometeu revogar o decreto que vincula a receita do município como garantia do pagamento à empresa Solurb, que venceu licitação para administrar o aterro sanitário de Campo Grande. “Esta receita constitucional, não pode estar submetida ao interesse de um concessionário. Essa e outras licitações serão revistas”, garantiu.

Ele disse que há muitos questionamentos. “E todos sabem que estes questionamentos não estão só no meio do povo, mas também no Poder Judiciário e aí precisamos ouvir a população e observar se estes contratos estão respeitando os requisitos necessários. Não basta a legalidade, tem que respeitar o interesse público. A partir de amanhã [quarta-feira] vou chamar a equipe jurídica da prefeitura, meus assessores, para que façamos o levantamento necessário”, anunciou.



È meu caro agora é a hora de fazer pois antes falava que faria e aconteceria vamos lá mostra do que voce é capaz pois está na suas mãos agora não tem mais chora nenem é fazer ou fazer vc tem já menos de 4 anos pois o tempo é contrario e já se passou uma semana manda ver..............................
 
Marcos fonseca em 03/01/2013 12:10:47
quanto a dengue não e so a prefeitura mais a população tambem deve e pode ajudar, de um modo geral a população de campo grande é muito porca, cada deve cuidar do seu quintal é o minimo, as pessoas não tem coragem de chamar uma caçamba joga sofá e tudo na rua, a a prefeito que resolva
 
jane fernandes souza em 02/01/2013 16:05:56
Experiência só ganha na prática não conheço alguém que seja experiente motorista sem ter dirigido um automóvel.
 
Walter Barros em 02/01/2013 12:20:14
O principal problema que o prefeito Alcides irá enfrentar é a dengue, vários bairros da cidade estão com máxima da doença , como a região sul da capital . E as licitações devem sim ser revistas, pois pode até ser legal mas é moral se fazer uma licitação em final de mandato ? Fica a questão . Juridicamente falando nem tudo que é legal é moral.
 
Marcos Renan Oliveira em 02/01/2013 09:15:58
agora sr Bernal, arregace as mangas e faca tudo q prometu e pare de falar mal dos antecessores, mostre quem vc eh, quero ver vai ser difixil governar? vai sim falta de experiencia e mto + ........boa sorte
 
saeko suzuki em 02/01/2013 02:56:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions