A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/05/2013 18:00

Bernal envia à Câmara projeto que cria pastas da Juventude e da Mulher

Josemil Rocha
Bernal pede crédito especial de R$ 2,6 milhões para criar as duas secretarias (Foto: Marcos Ermínio)Bernal pede crédito especial de R$ 2,6 milhões para criar as duas secretarias (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito Alcides Bernal encaminhou hoje à Câmara de Campo Grande, após quase dois meses do anúncio, dia 18 de março, o projeto de lei que cria as Secretarias Municipais da Juventude e de Políticas para as Mulheres. Existem 22 secretarias ou agências equiparadas na administração municipal de Campo Grande e com a proposta de Bernal, caso haja aprovação na Câmara, passarão a ser 24, contrariando o discurso do “enxugamento” da estrutura básica da prefeitura que fez no começo do ano.

Bernal, porém, justifica a criação das novas secretarias com a necessidade de estar afinado com órgãos federais e do Estado, a fim de beneficiar Campo Grande com programas que já têm recursos carimbados para o desenvolvimento de ações nas áreas da juventude e de políticas para as mulheres.

No projeto, o prefeito da Capital cria dois novos cargos de secretários municipais e pede autorização para abrir crédito orçamentário no valor de R$ 2,6 milhões a fim de atender as duas pastas, sem especificar, contudo, o valor a ser atribuído a cada uma das novas estruturas. Também não há previsão de criação de cargos para auxiliar os secretários, o que significa que Bernal recorrerá a “empréstimo” de servidores de outros órgãos para atender as duas novas pastas.

A Secretaria Municipal da Juventude, segundo o projeto, objetiva “articular” com outros órgãos da prefeitura “políticas de estímulo à cidadania e qualificação profissional que possibilitem aos jovens integração e participação” em vários processos, como o de melhoria da qualidade de vida e aumento da empregabilidade de jovens. À nova pasta competirá “formular e implementar a política municipal da juventude”,

Entre outras funções, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres deverá “formular e implementar campanhas educativas e antidiscriminatórias” e buscar cooperação com entes congêneres federal e estadual, visando a ampliação do acesso da mulher ao mercado de trabalho, melhoria da qualidade de vida, igualdade e respeito à diversidade.

Nomes cotados - O vereador Waldecy Batista Nunes (PP), o “Chocolate”. foi o primeiro a ser chamado no Paço Municipal para discutir a possibilidade de assumir a Secretaria da Juventude. Foi só uma conversa e nenhuma outra, especialmente depois que “Chocolate” aceitou convite para a posse do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) como secretário estadual de Articulação com os Municípios e declarou à imprensa que manda no “próprio nariz”.

Já para a Secretaria da Mulher, Bernal convidou a vereadora Luiza Ribeiro (MD), a qual, porém, já deixou claro que não pretende licenciar-se da Câmara de Campo Grande. Da mesma forma que aconteceu com relação à escolha para a Secretaria da Juventude, também para a Secretaria da Mulher o prefeito tem outras opções, com as quais tem conversado sem dar publicidade.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions