A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/10/2013 14:37

Bernal procura Delcídio, mas não consegue sequer falar com o senador

Zemil Rocha
Delcídio também não participa da reunião do PT sobre possível rompimento amanhã (Foto: arquivo)Delcídio também não participa da reunião do PT sobre possível rompimento amanhã (Foto: arquivo)

O relacionamento do senador Delcídio do Amaral (PT) com o prefeito Alcides Bernal (PP) continua muito distanciado, mesmo na véspera de os petistas decidirem se vão continuar apoiando o progressista ou optarão pelo rompimento político. Delcídio sequer participará amanhã da reunião do PT sobre a gestão de Bernal.

Na semana passada, Bernal tentou estabelecer diálogo com o senador Delcídio do Amaral, mas não conseguiu. “Ele me procurou na quinta ou sexta-feira, mas não nos falamos”, informou Delcídio nesta tarde de segunda-feira (28).

Indagado se participará da reunião do PT, na terça-feira (29), que poderá decidir pelo rompimento com Bernal, Delcídio respondeu: “Amanhã minha agenda é Brasília”

Segundo ele, sua posição sobre a gestão do prefeito Alcides Bernal já é bem conhecida por todos, inclusive pelo prefeito. “Sozinho não se governa. Se ele não trabalhar numa aliança forte que lhe dê sustentação, vai ter problemas”, afirmou o senador petista. “Ele tem de entender que ou ele se articula, não só com PT, mas com outros partidos, e implementa os projetos para Campo Grande ou vai ficar numa situação muito complicada”, acrescentou.

O caminho para sair da crise, na opinião do senador, seria Bernal ter aceitado há muito tempo as propostas petistas de melhorar sua interlocução política e buscar outros partidos aliados. “Nós não temos nenhum interesse em cargos, em nada disso. Queremos ajudar a cidade e fazer política”, enfatizou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions