A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/11/2013 17:26

Bernal reavalia situação de Freire e decide amanhã, diz Pedro Chaves

Zemil Rocha
Bernal disse a Chaves que decide amanhã sobre possível demissão (Foto: Marcos Ermínio)Bernal disse a Chaves que decide amanhã sobre possível demissão (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) está reavaliando a permanência ou não do secretário municipal de Receita, Gustavo Freire. “O prefeito está com parecer jurídico, analisou profundamente e até amanhã à tarde ele deve tomar uma decisão”, informou o secretário de Governo, Pedro Chaves.

Há muita pressão política para que Freire seja exonerado em razão a demissão a bem do serviço público do cargo de auditor da Receita Federal, em razão de um processo disciplinar decorrente da acusação de cobrança de propina na liberação de cargas quando trabalhava em Corumbá.

Dentro de suas atribuições como articulador político da administração Bernal, o secretário Pedro Chaves já manifestou sua posição ao prefeito, mas prefere não revelá-la. “Troquei ideias com o prefeito, mas prefiro me preservar. A decisão é dele”, afirmou o secretário de Governo, cargo que antes também era, cumulativamente, ocupado por Freire.

Nesta noite, a partir das 18 horas, os vereadores que integram a base de apoio de Bernal se reúnem para discutir a situação de Gustavo Freire. Diante da demissão deste por improbidade administrativa pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, a maioria deles defende que o prefeito também faça o mesmo em respeito à Lei de Ficha Limpa.

Apesar dessa pressão política, o parecer jurídico que está nas mãos de Bernal não detecta impedimento a que Freire continue no cargo. “Ele tem direito de recorrer à Justiça para verificar a legalidade do processo disciplinar e a ultima palavra é do Judiciário”, afirmou Denir Nantes, procurador-geral do Município. “Mas quem dá a última palavra é o prefeito”, acrescentou ele.



Não devia passar de hoje esta demissão a ser feita por Bernal, e já que no local tem que colocar alguém que no mínimo seja da confiança do prefeito, pra ficar com a chave do cofre, existem pessoas de sua confiança, aptas e preparadas para o cargo, como a Dra Jaqueline, que já defende Bernal há vários anos, conhece o jeito do prefeito trabalhar, esteve ao seu lado durante toda a campanha e seus mandatos, excelente na área jurídica e tributária...não perca esta menina, Bernal, que já vem sendo muito esquecida por você, merece e tem preparo para lhe ajudar, ou vai chegar a hora que vai ser tarde demais, porque duvido que já não tem partidos sondando esta menina que será uma renovação na política, pense bem!
 
Barbara Pires em 07/11/2013 08:33:06
Sr. Secretário Pedro Chaves
A sua atitude é própria daqueles que ficam em cima do muro. O senhor deveria mostrar ao eleitor e ao povo de Campo Grande, a sua posição sobre a permanência ou não do seu colega demitido do serviço público por razões escuras. A população Morena, precisa saber quem é o secretário de governo. Pilatus mostrou que lavar as mãos não agradou aos cristãos, e o senhor como um homem público respeitado que é , a meu ver não pode ter esse tipo de comportamento para se resguardar. Reitero que o senhor é um "homem público"!.Sendo assim, o público precisa saber da sua posição diante de um assunto tão sério como esse que envolve a economia do município. Me perdoe se eu estiver errado...
 
ALICIO MENDES em 07/11/2013 08:01:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions