A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

26/05/2015 12:28

Câmara adia para tarde divulgação de parecer sobre Comissão Processante

Aline dos Santos e Juliana Brum
Professores estão em greve e buscam apoio de vereadores. (Foto: Marcos Ermínio)Professores estão em greve e buscam apoio de vereadores. (Foto: Marcos Ermínio)

Prevista para a manhã de hoje, a divulgação do parecer sobre o pedido de criação de Comissão Processante contra o prefeito Gilmar Olarte (PP) foi adiada para a tarde desta terça-feira. A justificativa é de que o estudo dos documentos anexados ao pedido não foi finalizado. A Câmara Municipal de Campo Grande vai divulgar nota oficial quanto ao parecer da Procuradoria Jurídica.

Os vereadores Luiza Ribeiro (PPS), Marcos Alex e Thaís Helena, ambos do PT, protocolaram o pedido de investigação no dia 19 de maio. Eles apontaram cinco motivos : falta de divulgação do balanço financeiro do município; a viagem de jatinho do empreiteiro João Amorin para Brasília; o não cumprimento da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) em relação ao excesso do teto de pagamento dos servidores; lavagem de dinheiro e tráfico de influência referente à investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

Professores – Em greve desde ontem, os professores lotaram o plenário da Câmara e pediram apoio dos vereadores. Conforme o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública), Geraldo Alves Gonçalves, a intenção era conversar com o presidente da Casa de Leis, Mario Cesar (PMDB), mas o parlamentar não foi à sessão por problema de saúde.

Diante da plateia de 360 pessoas, os vereadores Marcos Alex e Paulo Pedra (PDT) sugeriram que o plenário vete os projetos remetidos pelo prefeito. Os professores querem reajuste de 13% para que o piso por 20 horas semanais passe de R$ 1.697 para R$ 1.917. A Reme tem 8,3 mil professores, sendo seis mil concursados e 2,3 mil convocados, e 101 mil alunos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions