A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

26/11/2014 15:34

Câmara analisa essa semana projetos que podem gerar mais de 4 mil empregos

Ludyney Moura e Kleber Clajus
Juntas as 34 empresas beneficiadas pelo Prodes deverão investir R$ 800 milhões na Capital (Foto: Divulgação/Izaias Medeiros/CMCG)Juntas as 34 empresas beneficiadas pelo Prodes deverão investir R$ 800 milhões na Capital (Foto: Divulgação/Izaias Medeiros/CMCG)

O líder do prefeito na Câmara de Campo Grande, vereador Edil Albuquerque (PMDB), revelou que a Casa deve votar ainda esta semana 34 projetos de empresas que receberam benefícios do Prodes ( Programa de Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande).

Segundo Edil, juntos os projetos representam o investimento de aproximadamente R$ 800 milhões para a Capital, com a geração de quase 4,2 mil empregos diretos. “Podemos votar a partir desta semana”, disse o vereador.

O peemedebista afirmou ainda que desde que Gilmar Olarte (PP) assumiu a Prefeitura de Campo Grande, pelo menos 84 projetos de empresas beneficiadas pelo Prodes já foram “desengavetados”.

Já o presidente do legislativo municipal, vereador Mário César (PMDB), voltou a afirmar que os projetos referentes aos benefícios do Executivo para a construção da Cidade de ônibus e de um espaço para a CCR Vias (concessionária da BR-163), só serão analisados em 2015.

Mário adiantou ainda que na próxima terça-feira (2), os vereadores irão analisar o projeto do Executivo que propõe a criação da secretaria municipal de segurança pública.

Uma das propostas era que a nova pasta incorporasse a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito, o que já foi descartado. “A Procuradoria vai avaliar a autonomia da Agetran. Mas, já esta definido que ela ficará na Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação)”, finalizou o vereador.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions