A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/03/2011 08:42

Câmara convoca suplentes para lugares de Gino e Dirceu em Dourados

Fabiano Arruda

Eles foram afastados pela Justiça e não podem participar das votações nos julgamentos

Alan Guedes (DEM) e José Silvestre (PT) vão substituir Gino Ferreira (DEM) e Dirceu Longhi (PT) nas sessões de julgamento de vereadores afastados na Câmara Municipal de Dourados.

Gino e Dirceu foram afastados pela Justiça e não podem votar nos processos. O juiz José Domingues Filho deferiu pedido feito pelo vereador Paulo Henrique Bambu (DEM), que tem mandato julgado nesta manhã.

A mesma decisão vale para o processo de Aurélio Bonatto (PDT), que enfrentará a votação também nesta sexta-feira, a partir das 14 horas.

Gino e Longhi foram os dois únicos indiciados após a operação Uragano que não foram presos durante a ação da Polícia Federal no ano passado. Eles respondem também por integrar esquema de fraude em licitações e pagamento de propina em Dourados.

Na quarta-feira, durante sua sessão de julgamento, Humberto Teixeira Júnior havia solicitado diretamente à Câmara o afastamento dos dois, mas não teve o pedido atendido e acabou perdendo o mandato com nove votos favoráveis, dois deles de Longhi e Gino.

Teixeira havia argumentado que arrolou duas testemunhas contra a cassação e que elas foram afastadas pela comissão processante por estarem envolvidos nas investigações. O mesmo, na avaliação dele, deveria valer para Gino e Dirceu Longhi.

O juiz levou em consideração a mesma justificativa e decidiu afastar ambos do julgamento.

Nove vereadores foram indiciados pela Polícia Federal por envolvimento em esquema de fraudes em licitação e pagamento de propina.

Na sessão de ontem, a Câmara de Dourados cassou o mandato do vereador afastado Julio Artuzi (PRB), tio do ex-prefeito Ari Artuzi.

Dentre os vereadores afastados, Sidlei Alves, Zezinho da Farmácia e José Carlos Cimatti renunciaram. Além de Júlio Artuzi, Humberto Teixeira Júnior e Marcelo Hall também tiveram seus mandatos cassados.

Mais dois vereadores enfrentam julgamento nesta sexta em Dourados
Câmara analisa casos de Paulo Henrique Bambu e Aurélio BonattoA Câmara Municipal de Dourados julga nesta sexta-feira os mandatos dos vereadores Paul...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions