A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Julho de 2018

01/02/2010 16:25

Câmara faz novo pedido de liminar por duodécimo maior

Redação

A Câmara Municipal de Campo Grande protocolou hoje novo mandado de segurança para garantir o duodécimo integral.

Depois de ter a primeira solicitação negada pelo juiz Ricardo Galbiati, da 2ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos, a nova tentativa tem como argumento prejuízos, já que a primeira parcela de 2010 foi depositada, no montante referente a 4,5%.

A argumentação foi refeita, para mostrar que será difícil pagar as contas, reajustar os salários dos servidores. Na tentativa de convencer a Justiça, a Câmara já fala nos investimentos que terá de fazer para receber mais vereadores em 2012.

Outro ponto levantado é o fato do juiz de Nova Andradina ter concedido liminar aos vereadores, mantendo o repasse de 8% do duodécimo.

Novamente, a liminar foi solicitada pelo procurador da Câmara Municipal, André Puccinelli Júnior. Conforme o legislativo municipal, a Lei de Diretrizes Orçamentárias, de julho de 2009, previa que o limite para o orçamento da Câmara Municipal seria de 5% do total da receita tributária. Enquanto a PEC 58 reduziu o repasse para 4,5%.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions