A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/04/2015 15:42

Câmara manterá sessão no Nova Lima apesar de escândalo de Alceu Bueno

Kleber Clajus
Sessão comunitária poderá ser turbulenta em meio a polêmica de suposto envolvimento de vereador em rede de exploração sexual de adolescentes (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)Sessão comunitária poderá ser turbulenta em meio a polêmica de suposto envolvimento de vereador em rede de exploração sexual de adolescentes (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)

A Câmara Municipal de Campo Grande irá manter o ritmo de trabalho, mesmo em meio ao escândalo de suposto envolvimento do vereador Alceu Bueno (PSL) em rede de exploração sexual de adolescentes. Com isso, se afasta possibilidade de cancelamento da sessão comunitária amanhã deve ocorre, a partir das 9h, no Bairro Nova Lima.

Conforme o presidente da Casa de Leis, Mario César (PMDB), não há motivo para se cancelar o encontro com a comunidade, mesmo diante da repercussão de um caso grave investigado pela DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

“Não vai mudar as atividades da Câmara e temos que ter maturidade para encarar tudo. O que está em voga é o controle social, independente do que está acontecendo”, disse ao Campo Grande News.

Preocupados em resguardar a imagem da Casa de Leis, diante da polêmica de suposto envolvimento de Alceu Bueno em rede de exploração sexual de adolescentes, a Mesa Diretora já determinou abertura de Comissão de Ética para apurar falta de decoro e deliberar consequências que podem resultar na cassação do mandato do vereador. As medidas, no entanto, podem não impedir tumulto e protestos durante as sessões.

O Nova Lima será o oitavo bairro a receber os vereadores para que a comunidade encaminhe suas reivindicações em encontro na Escola Municipal Hércules Maymone, localizada na Rua Celina Baís Martins, n° 31.

Escândalo – De acordo com inquérito policial, Fabiano Viana teria induzido adolescentes de 15 anos a registrarem com microcâmeras encontros sexuais com diversas pessoas, incluindo Alceu Bueno, que é pastor evangélico e está em seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Campo Grande.

O vereador foi procurado, em 23 de março, pelo empresário do segmento evangélico Luciano Roberto que invocou a Deus para oferecer ajuda: “Deus te blindou. Caíram umas meninas que iriam te extorquir”. Ele ainda sugeriu apoio de Robson Martins, que passou por situação semelhante, para mediar a recuperação de imagens com Fabiano e uma suposta cafetina.

Três dias depois, Bueno arrecadou com amigos e empréstimos R$ 100 mil para resolver o problema que continuou com novos pedidos de R$ 24 mil e R$ 50 mil, além do financiamento de viagem de uma cafetina até Minas Gerais. Já sem recursos, ele decidiu recorrer à polícia.

Policiais monitoraram novo encontro do grupo, na última quinta-feira, quando Luciano e Robson foram presos em flagrante após o vereador entregar R$ 15 mil no estacionamento do hipermercado Walmart, na Vila Célia.

Sobre seu envolvimento em de rede de exploração sexual, Bueno ressaltou: “Pode investigar, não cometi crime nenhum, não roubei dinheiro do povo. Tive coragem, apenas denunciei uma máfia que estava achacando homens de bem e extorquindo”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions