ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 19º

Política

Candidatura de Simone ao Senado consolida união do MDB, diz Renan

Publicação do senador, contudo, não deixa claro se não vai tentar indicação para a Presidência

Por Mayara Bueno | 22/01/2019 16:12
Renan Calheiros acena durante sessão do Senado. (Foto: Agência Brasil/Arquivo).
Renan Calheiros acena durante sessão do Senado. (Foto: Agência Brasil/Arquivo).

Em sua conta no twitter, o senador Renan Calheiros (MDB/AL) publicou na tarde desta terça-feira (dia 22) que a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB/MS) à presidência do Senado fortalece o processo e consolida a união da bancada do MDB. Não deixa claro, no entanto, se não vai disputar com ela a preferência do partido.

Ontem, a parlamentar sul-mato-grossense confirmou que vai tentar internamente a indicação do MDB à presidência do Senado com o colega Renan Calheiros. Também em sua rede social, Renan disse ontem que não tinha esta intenção.

“A candidatura da senadora Simone Tebet robustece o processo decisório, e consolidará ainda mais a união da nossa bancada. O fundamental é que cheguemos juntos ao plenário no dia 1º de fevereiro”, afirmou há menos de uma hora. É nesta data que ocorre a eleição da Mesa Diretora.

Senadora Simone Tebet discursa no plenário do Congresso. (Foto: Agência Senado/Arquivo).
Senadora Simone Tebet discursa no plenário do Congresso. (Foto: Agência Senado/Arquivo).

Ontem, Simone afirmou que iria conversar com o colega para ver sua intenção antes de começar a pedir votos e costurar sua candidatura com os parlamentares das demais legendas. Contudo, informação preliminar é de que tal encontro ainda não ocorreu.

À imprensa nacional, a parlamentar disse hoje que eventual disputa entre os dois dentro do MDB não significa divisão interna. “Eu estou indo para a disputa na crença de que eu possa ter a maioria na bancada. Se eu vou ter, é uma outra história. Isso não significa, em nenhum momento, uma cisão dentro do partido”.

Para a parlamentar, a apresentação de seu nome é a representação de um segmento majoritário ou minoritário dentro da bancada e significa que, neste momento, a legenda tem dúvida. “Que só pode ser sanada com mais de uma candidatura. O partido não vai sair dividido neste processo”.

A assessoria da senadora ficou de tentar um posicionamento dela diante da publicação de Renan nesta tarde. Tentamos contato diretamente com a parlamentar ao longo do dia, mas as ligações não foram atendidas.