ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 24º

Política

CCJ define relator da PEC da previdência e marca sessão extraordinária

A previsão é analisar as 26 emendas apresentadas até segunda-feira (9), para ser votada na sessão extraordinária

Silvia Frias e Leonardo Rocha | 04/12/2019 11:15
Deputado Gerson Claro (esq) pretende entregar análise até segunda-feira (Foto/Divulgação: Luciana Nassar)
Deputado Gerson Claro (esq) pretende entregar análise até segunda-feira (Foto/Divulgação: Luciana Nassar)

O deputado estadual Gerson Claro (PP) foi definido como relator na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) para analisar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) projeto da reforma previdenciária estadual. A pretensão é analisar as 26 emendas apresentadas até segunda-feira (9).

A relatoria foi definida em reunião esta manhã da CCJR. Gerson Claro disse que não há tempo hábil de votação para esta semana, por conta do número de emendas apresentadas. “Vou fazer de tudo para analisar até segunda e entregar”.

O deputado José Carlos Barbosa, líder do governo, disse que é preciso análise cuidadosa e as mudanças não podem privilegiar um poder em detrimento a outro.

O prazo exíguo para análise do relator é consequência da sessão extraordinária da CCJR, prevista para segunda-feira (9), às 16 horas, que irá analisar o projeto previdenciário e outras propostas em tramitação.

O deputado Lídio Lopes (Patriota), explicou que o projeto da reforma tem a “espinha dorsal” do que foi aprovado pelo Congresso Nacional, mas, há especificidades estaduais. “Tem vários ‘penduricalhos’ baseados em leis federais, Constituição e direitos adquiridos; é natural que sejam apresentadas emendas para eventuais correções do texto”.

Nos siga no Google Notícias