A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

29/04/2015 11:35

Com 1.962 votos, segundo suplente vai lutar no TRE por vaga de Alceu

Aline dos Santos e Kleber Clajus

A vaga de Alceu Bueno, que renunciou ao posto de vereador na Câmara Municipal de Campo Grande após denúncia de exploração sexual de adolescentes, será disputada pelo segundo suplente Izaias Martins (PRP).

Conhecido como Baiano Protético e com 1.962 votos, ele afirma que o primeiro suplente, herdeiro natural da vaga de Bueno, cometeu infidelidade partidária. Conforme Izaias, os seus advogados preparam um processo para provar no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) a infidelidade, além de solicitar anulação caso a posse seja efetivada.

Eleito pelo PRB e atualmente sem partido, Roberto Santana dos Santos, o Betinho, ocupa a primeira suplência e deve ser empossado amanhã. Ontem, ele foi à Câmara e se informou sobre os trâmites burocráticos para assumir a vaga de vereador.

Nesta quarta-feira, o presidente municipal do PRB, vereador Gilmar da Cruz, reafirmou que pretende atraí-lo novamente para os quadros do partido. O objetivo é de que a sigla fique com dois parlamentares na Casa de Leis.

O dirigente lembra que a saída de Roberto foi sem brigas. Agora, a procura é por comprometimento com a legenda. “Sentir firmeza na posição dele, inclusive na fidelidade ao partido”, afirma Gilmar.

Enquanto os suplentes divergem, o presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), afirma que a posse de Roberto deve acontecer amanhã. “Questões de briga pela vaga não cabem à Câmara, mas ao TRE nos orientar. O diploma dele não foi cassado”, salienta.

Escândalo – Alceu Bueno deixou o PSL e o cargo de vereador após ser indiciado por exploração sexual. Ele teve encontros sexuais com adolescentes de 15 anos. Tudo foi gravado e usado para extorsão. O então vereador chegou a pagar R$ 100 mil para que as imagens não viessem a público.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions