ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Política

Com bloco de partidos aliados, Marquinhos lança campanha pela reeleição

Prefeito já tem apoio de oito siglas e ainda pode ampliar bloco até o final das convenções

Por Leonardo Rocha | 15/09/2020 09:58
Prefeito Marquinhos Trad (PSD), em seu gabinete no Paço Municipal (Foto: Reprodução - Facebook)
Prefeito Marquinhos Trad (PSD), em seu gabinete no Paço Municipal (Foto: Reprodução - Facebook)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) lança hoje (15) a sua candidatura à reeleição em Campo Grande, repetindo a chapa com Adriane Lopes (Patri) como vice. Ele já conta neste pleito com um bloco de oito partidos aliados, que pode ainda aumentar até o final das convenções.

Ele tem o apoio do PSDB, Patriotas, PTB, Democratas, Rede Sustentabilidade, PSB e ainda teve adesão nesta reta final do PC do B e Republicanos, que tinham pré-candidatos a prefeito, mas resolveram retirar os nomes, para apoiar sua reeleição.

Este bloco de alianças ainda pode se ampliar até o fechamento das convenções, que terminam amanhã (16). Alguns partidos ainda cogitam declarar apoio ao prefeito e assim aumentar ainda mais o leque. Dos 29 vereadores, 20 estão em partidos ao lado do prefeito.

Marquinhos ainda dispõe  do apoio declarado do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que retribui assim a ajuda do prefeito na eleição de 2018, quando ele foi para o palanque tucano pedir votos para sua reeleição ao governo.

Evento – A convenção que vai sacramentar a chapa Marquinhos – Adriane vai ocorrer hoje (15), a partir das 14h, na sede do partido. Na ocasião também será lançada a chapa com 44 candidatos a vereador, entre eles cinco que buscam a reeleição: Chiquinho Telles, Odilon de Oliveira, Otávio Trad, Valdir Gomes e Hederson Fritz.

Em função da pandemia do coronavírus, o partido resolveu adotar alguns procedimentos de biossegurança, para evitar aglomerações no evento. Com isto só será permitida a entrada dos filiados com direito a voto, que serão divididos escalas entre às 14h e 17h.

Eles (filiados) terão que usar máscaras e na entrada do diretório terão que aferir temperatura e fazer a higienização das mãos com álcool. Em função deste cenário, não será permitido o acesso da imprensa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário