A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/11/2014 12:35

Com presidência, PMDB vai dar 1° secretaria para grupo de Azambuja

Leonardo Rocha
 Mochi diz que já articula com Reinaldo, para PMDB ficar com a presidência e a 1° secretaria com grupo de Azambuja (Foto: Giuliano Lopes/ALMS) Mochi diz que já articula com Reinaldo, para PMDB ficar com a presidência e a 1° secretaria com grupo de Azambuja (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)
Cabo Almi ressaltou que com bancada de 4 integrantes, PT permaneceria com a 2° secretaria (Foto: Giuliano Lopes)Cabo Almi ressaltou que com bancada de 4 integrantes, PT permaneceria com a 2° secretaria (Foto: Giuliano Lopes)

O grupo do PMDB que possui a adesão de 10 deputados, já articula junto com o governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB), a formação da mesa diretora da Assembleia para 2015. Nesta composição, eles permanecem na presidência, tendo o nome do deputado Junior Mochi (PMDB) e assim cedem a 1° secretaria, para o grupo eleito pela coligação do PSDB.

"Entre os dois cargos mais importantes da Assembleia, que são responsáveis pela administração da Casa, nós ficaríamos com a presidência, oferecendo a 1° secretária ao grupo do Reinaldo (Azambuja)", explicou o deputado Junior Mochi (PMDB).

O peemedebista ainda ressaltou que o grupo do PMDB poderia até indicar um integrantes para vice-presidência da Casa, mas que também pode ceder para compor com os aliados. "Pela proporcionalidade poderíamos continuar (vice-presidência), mas já estamos pleiteando o maior cargo da mesa, ou seja, pode se abrir espaço", ponderou.

A 1° secretaria ficaria então com um dos deputados do PSDB, ou com Zé Teixeira (DEM), que além de se eleger na coligação, pode ter o apoio de Azambuja. "Gostaria sim de fazer parte da mesa diretora, seja no cargo de presidente ou em outra função, vamos esperar esta articulação com os colegas", disse ele.

O democrata inclusive poderia participar da administração de Reinaldo, pois recebeu convite para ficar a frente da Secretaria de Agricultura e Pecuária, mas disse que ainda não decidiu. "Vou deixar esta conversa e definição para depois com o Azambuja", despistou.

Oposição - A bancada do PT que terá quatro representantes ano que vem, deve seguir com a 2° secretária da Assembleia, já que dificilmente conseguirá articular uma chapa com mais força, para pleitear cargos maiores.

"Nós trabalhamos com esta possibilidade de continuar com a 2° secretaria, falta muito tempo ainda para definições, porém se tivéssemos um bloco com 8 integrantes, poderíamos então pleitear até a 1° secretária", destacou o deputado Cabo Almi (PT). Ele no entanto acredita que a partir de 2015, a oposição seja apenas do PT, continuando com 4 integrantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions