A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/06/2015 12:33

Com R$ 2 milhões, Caravana da Saúde realiza 10 mil procedimentos

Lidiane Kober
Secretário da Saúde foi à Assembleia prestar contar (Foto: Divulgação/ALMS/Roberto Higa)Secretário da Saúde foi à Assembleia prestar contar (Foto: Divulgação/ALMS/Roberto Higa)

Uma das principais bandeiras do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), a Caravana da Saúde gastou R$ 2 milhões para realizar mais de 10 mil procedimentos, no primeiro quadrimestre do ano. Os dados foram detalhados, na Assembleia Legislativa, durante a primeira prestação de contas da gestão tucana.

O montante foi aplicado na visita da Caravana a Coxim, no norte do Estado. Segundo o superintendente administrativo da Secretaria Estadual de Saúde, Maurício Peralta, foram feitos mais de 10 mil procedimentos, como 637 cirurgias de catarata. “Contamos com 758 pessoas voluntárias e parceiros capacitados, mais 185 servidores estaduais de seis áreas foram envolvidos”, detalhou.

O plano, segundo ele, é concluir a carava com investimentos de R$ 38 milhões. No segundo quadrimestre do ano, já foram mais de 10 mil procedimentos em Ponta Porã e 50 mil em Três Lagoas.

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, deputada Mara Caseiro (PTdoB) destacou que a Caravana ainda entrega equipamentos para os municípios. “Essa ação foi um grande acerto do governo Reinaldo, pelo olhar estratégico. Vão ser colhidos bons frutos e temos que evoluir nas estratégias e esse está sendo um caminho certo”, afirmou.

Ainda de acordo com a prestação de contas, no primeiro quadrimestre foram empenhados para a Saúde R$ 324.304.496,12, liquidados R$ 224.218.369,10 e pagos R$ 202.626.945,28. Do total, 86% dos recursos são de origem estadual.

Gastos com pessoal somaram R$ 125 milhões. Transferências aos municípios representam 22,4% do total, 18,3% são aplicações diretas.

Foram realizadas no quadrimestre 28 auditorias a partir de denúncias externas. Ainda segundo dados da secretaria, 110 hospitais recebem recursos públicos estaduais em 78 municípios. A prestação de contas à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa ocorre a cada quatro meses em cumprimento à Lei Complementar 141/2012.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions