A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

02/02/2010 12:13

Comparações ao governo Zeca marcam discurso de André

Redação

Comparações aos oito anos de governo Zeca do PT marcaram nesta manhã o discurso do governador André Puccinelli (PMDB), durante a abertura dos trabalhos na Assembléia Legislativa.

As comparações foram feitas, principalmente, nas áreas sociais, de saúde, educação e segurança pública.

Na área social, uma das mais criticadas de seu governo, Puccinelli fez questão de ressaltar que beneficiou até agora 60 mil famílias com o programa Vale Renda e outras 15 mil famílias indígenas com cestas básicas, sem contar com os mais de mil universitários atendidos pelos programas Vale Universidade e Vale Universidade Indígena.

No governo anterior, segundo ele, apenas 47.677 famílias foram beneficiadas com programas de transferência de renda, além das 10.869 famílias indígenas atendidas com cestas básicas.

"Fizemos muito mais nestes quatro anos do que nos oito em que o PT governou Mato Grosso do Sul", espetou Puccinelli, já em claro tom de campanha.

Na área educacional, o governador destacou a distribuição de uniformes e de mais 305 mil kits escolares, além da reforma e ampliação de escolas.

Puccinelli admitiu dificuldades no setor de saúde, enfatizando que este é um dos principais desafios de sua administração.

Entretanto, enumerou, em seu discurso, obras de construção e ampliação de hospitais tanto na Capital quanto no interior, incluindo 365 novos leitos comuns e 65 de UTI.

Ressaltou ainda o fato de ter repassado 338% a mais em 2009 do que Zeca do PT destinou à saúde em 2006. "Passamos de 16 milhões em 2006 para 70 milhões em saúde em 2009", detalhou.

Comparações com o governo Zeca também foram feitas na área da segurança pública, principalmente em relação ao número de viaturas adquiridas com recursos próprios e reaparelhamento do setor.

Voltando seu discurso aos índios, André Puccinelli enfatizou a importância do Programa Aldeia Produtiva e da destinação de equipamentos agrícolas para as aldeias.

No plano habitacional, mesmo sem citar números dos adversários, a comparação de números foi forte em relação aos oito anos de governo petista. Ele afirmou que já construiu mais de 37 mil casas das 50 mil que pretende edificar até o fim de sua administração. De acordo com Puccinelli, este número supera "em mais de 100%" os três primeiros anos de governo Zeca.

O governador também lembrou que Mato Grosso do Sul apresentou déficit de R$ 28 milhões neste ano, devido à crise econômica mundial, mas enfatizou que, mesmo assim, os salários foram mantidos em dia, assim como os repasses constitucionais.

"

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions