ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 26º

Política

Conselheiro pede aposentadoria e Arroyo e Giroto disputam vaga no TCE

Por Ludyney Moura | 26/11/2014 17:38
José Ricardo solicitou aposentadoria junto ao TCE (Foto: Divulgação)
José Ricardo solicitou aposentadoria junto ao TCE (Foto: Divulgação)
Edson Giroto aparece como favorito para vaga de conselheiro (Foto: Marcelo Calazans)
Edson Giroto aparece como favorito para vaga de conselheiro (Foto: Marcelo Calazans)

Antes de encerrar o mandato, em 31 de dezembro de 2014, o governador André Puccinelli (PMDB) vai nomear mais um conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado), isto porque o atual vice-presidente do órgão, José Ricardo Pereira Cabral, solicitou a aposentadoria, por tempo de serviço.

“Por enquanto fiz o requerimento, mas terá toda uma tramitação antes da publicação da minha aposentadoria no Diário Ofical”, disse José Ricardo há pouco com exclusividade ao Campo Grande News, revelando ainda que o motivo é a necessidade de tratamento de sua saúde.

Com a saída de Cabral, dois nomes disputam a indicação para a vaga. Com declarações públicas de sua vontade, o deputado estadual Antônio Carlos Arroy (PR) já solicitou a indicação ao governador André Puccinelli.

Mais cotado para assumir o cargo é o deputado federal licenciado e secretário estadual de Obras, Edson Giroto, também do PR, que ontem afirmou ao Campo Grande News que não procede a informação de sua indicação para superintendência regional do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) em 2015.

José Ricardo tem 59 anos, é jornalista e advogado de formação, e foi secretário estadual de receita e controle durante o segundo governo de Zeca do PT. Sua nomeação para o TCE aconteceu no final de 2006.

Giroto já afirmou que, caso seja nomeado para o Tribunal, aceitaria a nova função. Já Arroyo tem trabalhado pela vaga e inclusive se encontrou esta semana com o governador para discutir sobre a nomeação.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário