A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

19/12/2013 08:40

Coral dos Servidores encerra Cantata de Natal com apresentação na Governadoria

Viviane Oliveira e Leonardo Rocha
Governador destaca a união dos servidores nos trabalho do governo estadual (Foto: Pedro Peralta)Governador destaca a união dos servidores nos trabalho do governo estadual (Foto: Pedro Peralta)

“A música é uma terapia”. A frase é de Kátia Roncatti, 45 anos, uma dos 32 integrantes do Coral de servidores de Mato Grosso do Sul, que encerrou hoje (19), o musical Cantata de Natal com apresentação no pátio da Governadoria.

Kátia trabalha na Secretária de Fazenda e canta há 10 anos no coral. Para ela, a música é como se fosse uma terapia. “Desde quando entrei no grupo passei a apreciar mais as apresentações culturais”, diz.

O grupo, que está percorrendo desde o dia 3 deste mês, de terça a quinta-feira, todas as secretarias e órgãos do Governo Estadual, finaliza a cantada natalina hoje com apresentação para o Governador André Puccinelli (PMDB).

Para o governador a cantada representa a experiência de união entre os servidores, secretários e todos aqueles que trabalham na administração. “É um momento de confraternização”.

Após a apresentação do coral, Puccinelli se emocionou e ressaltou a importância dos servidores nas conquistas do governo estadual em 2013. "As palavras serão poucas nestes momentos, são eventos como este que nos religamos e lembramos que somos funcionários do povo, espero que 2014 represente a esperança para todos nós", afirmou ele.

Coral - O grupo ensaia duas vezes por semana de terça a quinta-feira, das 7h30 às 9h. O repertório e comporto por músicas regionais, nacionais e próprias do Natal. “Através da música a gente compartilha cultura com os colegas de trabalho”, conta Rui Barbosa Souza, 62 anos, que trabalha no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e está há 5 anos no coral.

O assistente de regência Maurício Ribeiro destaca que a música é um veículo transformador e formador de opinião. “A cantada permite que o servidor tenha acesso às apresentações dos colegas. No ano passado, por exemplo, o grupo participou de eventos em Belo Horizonte e Rio de Janeiro”, destaca.

Quem é servidor e quiser participar do coral, o período de seleção começa em março. “É uma forma de valorizar o servidor”, finaliza o maestro Luiz Quirino.

Coral apresenta repertório de musicas regionais e de natal aos servidores na governadoria (Pedro Peralta)Coral apresenta repertório de musicas regionais e de natal aos servidores na governadoria (Pedro Peralta)
Coral percorreu todas as secretárias com a apresentação da cantata desde 3 de dezembro (Foto: Pedro Peralta)Coral percorreu todas as secretárias com a apresentação da cantata desde 3 de dezembro (Foto: Pedro Peralta)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions