A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/11/2013 09:05

CPI da Saúde decide amanhã se encerra trabalho ou faz novas convocações

Leonardo Rocha
CPI da Saúde decide amanhã se faz novas convocações (Foto: Divulgação)CPI da Saúde decide amanhã se faz novas convocações (Foto: Divulgação)

Os integrantes da CPI da Saúde da Assembleia vão decidir amanhã se fazem novas convocações ou se encerram os trabalhos da comissão e apenas aguardam a elaboração do relatório final.

A dúvida está na investigação do sistema Gisa (Gerenciamento de Informações em Saúde) que inclusive conta com uma equipe de trabalho do Ministério da Saúde para analisar o caso na Capital.

“Iremos decidir na segunda (4) se será necessário novas convocações, a questão documental já foi entregue, inclusive o relatório já está praticamente pronto, somente estamos terminando a análise sobre o Gisa”, destacou o presidente da CPI, o deputado Amarildo Cruz (PT).

Já o vice-presidente da comissão, o deputado Lauro Davi (PROS), destacou que a comissão precisa checar a documentação e as informações obtidas e não convocar mais pessoas.

“Já foi dito o necessário, temos os documentos que falam mais que as pessoas, agora é só fazer a apuração”, ponderou ele.

Inesperado – A CPI da Saúde esperava fazer a apresentação do relatório final no dia 23 de setembro, no entanto após começar a análise da documentação do sistema Gisa, que foi contratada pela prefeitura de Campo Grande por R$ 10 milhões para fazer o agendamento de consultas por telefone, foi detectado que este não funciona de forma adequada.

Após o depoimento dos ex-secretários de saúde Leandro Mazina e Luiz Henrique Mandetta, além do diretor da empresa Telemídia e Technology International, Naim Alfredo Beydoune, os deputados chegaram à conclusão que precisam estender a investigação para ter dados mais concretos.

Seguindo esta denúncia, o Ministério da Saúde enviou uma equipe técnica que está em Campo Grande para fazer esta vistoria “in loco” nas unidades de saúde, já que 90% do recurso para implantação do sistema foi feito pela instituição.

Na última quinta-feira (31), os integrantes da CPI se reuniram com a equipe do Ministério para repassar todas as informações colhidas pela comissão, que deve produzir um relatório sobre a situação no início da semana.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions