A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/04/2013 10:34

Criação de CPI da Saúde volta a dividir aliados e oposição na Câmara

Luciana Brazil e Jessica Benitez

Depois das discussões envolvendo a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Hospital do Câncer, vereadores da oposição ao prefeito Alcides Bernal (PP) propuseram na sessão de hoje, a instalação da CPI da Saúde. Os parlamentares querem apurar todos os setores atuais da esfera em Campo Grande, como a falta de medicamentos na rede pública de saúde.

A proposta dividiu, de novo, vereadores. A oposição, que é maioria absoluta no legislativo, reagiu à repercussão negativa do sepultamento da outra CPI, para investigar as fraudes no tratamento do câncer na Capital, e apresentou a proposta de criar uma comissão, mas com outra finalidade. 

Porém, vereadores da base aliada, que são minoria (cinco dos 29 parlamentares), dizem que só apoiarão a comissão, caso seja investigado também os oito anos da gestão anterior.

O líder do prefeito na Câmara, Marcos Alex (PT) afirmou que todos na Prefeitura estarão à disposição da investigação e considerou a CPI de revanchista. “Se criarem uma CPI para investigar só o Bernal, será tendenciosa. Mas se incluírem os oito anos da administração passada, nós vamos assinar”.

Alex disse que o prefeito estará “tranquilo”, se houver averiguação do setor. “O prefeito está convencido de que tudo precisa ser investigado, mas não temos nada”.

A criação ainda está em discussão e pode ser definida ainda na sessão de hoje.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


A atual Câmara não tem competência para investigar a administração anterior, isso cabe ao TC MS ou polícia, mas o atual Prefeito ao assumir não fez levantamentos e denunciou; Nem tão pouco a Câmara compete apurar o Hospital do Cancer, que cabe ao MP e Polícia Federal como está ocorrendo.
 
Milton Romanini em 03/04/2013 14:13:46
GENTE!!!!VAMOS PARAR DE DISCUTIR E COMEÇAR A TRABALHAR!!!!AFINAL QUEM PRECISA DE HOSPITAL,POSTOS DE SAÚDE ATENDIMENTO A CONTENTO É O POVO!!! ESTES QUE OS ELEGERAM PARA UM TRABALHO EM TODOS OS SETORES E NÃO FICAR BATENDO NESTA TECLA!!!SENHORES AO TRABALHO !!PROJETOS E OUTROS SERÃO DE GRANDE VALIA PARA UMA CIDADE COMO CAMPO GRANDE QUE ESTÁ EM PLENO DESENVOLVIMENTO!!!
 
maria celeste baggio em 03/04/2013 11:47:09
Bem, primeiro eu "ACHO", alias vou mais adiante.. tenho certeza que esse assunto já esgotou e já encheceu a paciência de todos e até mesmo se existisse, de JÒ. Se instalada essa tão propalada CPI da Saúde, TODOS NÓS sabemos que não vai dar em nada. To certo ou errado? Qual foi a tal da CPI que já resultou em algo positivo e nele, que o malfeitor tenha ido pra cadeia? Qual? Primeiro foi o comabate à dengue.. nossa era só dengue. agora essa tal CPI da Saúde.. será que não tem mais nada importante pra se tratado e realizado pelos atuais Vereadores? É claro que, caso a tal da CPI (de todas) ressultasse em saldo positivo mesmo. ela seria importantissima.. mas não vai dar nada. POrtanto eu conclamo os nobres edis que TRABALHEM, é isso que o povo (tadinha da massa, né?) quer!
 
Gilson Giordano em 03/04/2013 11:19:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions