A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/12/2012 15:55

Crítica de Bernal na internet azeda ainda mais clima com vereadores

Prefeito eleito chamou vereadores de repugnantes; crítica causou revolta na Câmara

Fabiano Arruda
Airton Saraiva disse que falta habilidade política ao prefeito eleito. (Foto: Divulgação/arquivo)Airton Saraiva disse que falta habilidade política ao prefeito eleito. (Foto: Divulgação/arquivo)

As declarações do prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), ontem (20), por meio de sua página no Facebook, azedaram mais a relação com os vereadores, que mostraram revolta com a situação nesta sexta-feira, na última sessão da Câmara Municipal no ano.

Ele definiu a atuação dos parlamentares em votações de projetos importantes para sua administração como “atitude pequena e egoística”, além de “lamentável e repugnante”. “O 3º turno das eleições está acontecendo”, reclamou.

As queixas estão relacionadas a duas votações, realizadas neste mês: a aprovação da emenda que reduz de 30% para 5% a abertura de créditos adicionais sem que as transações financeiras dependam da autorização da Câmara e o congelamento do IPTU.

Para o progressista, ambos os projetos prejudicam o povo. A base dele chegou a lutar pela não aprovação, no entanto, foram votos vencidos.

Nesta sexta, outra matéria foi aprovada contra a vontade do novo prefeito de Campo Grande. Vereadores aprovaram por unanimidade o reajuste de 31% em seu salário a partir do ano que vem.

E, novamente por meio do Facebook, o progressista mostrou descontentamento: “Vamos em frente, porque atrás vem o "poderoso e sua gangue - os cupinchas", com inveja da gente, querendo prejudicar o nosso município”.

O vereador Airton Saraiva (DEM) foi um dos parlamentares a responder as críticas. "Ele foi inconsequente. Foi um grande besteirol. Não tem necessidade de atacar a Câmara. Ele deve ter acordado num inferno astral e fica jogando a Câmara contra o povo”, criticou o democrata durante a sessão de hoje na Casa.

“As reclamações dele foram absurdas e nós pedimos para ele comparecer à Câmara para discutir o orçamento 2013 em que ele vai ser o gestor. Falta habilidade política”, completou o parlamentar, destacando que o prefeito eleito “falta com respeito” ao Legislativo.

Mais críticas – “Essa coisa de jogar para a plateia, de que os mais carentes vão ser prejudicados, é mentira”, afirmou o vereador Mário César (PMDB) para justificar que a mudança nos critérios de suplementação não vai atrapalhar o futuro mandato.

Athayde Nery (PPS), aliado de Bernal na campanha, que também votou favorável à emenda que reduziu a abertura de créditos adicionais, explicou que a matéria representa a transparência que pregou durante a eleição.

“Cinco por cento (suplementação) são R$ 200 milhões: se ele precisar de percentual maior e mostrar onde os gastos serão aplicados, a Câmara vai atendê-lo. Agora, o prefeito tem de estar de acordo com os critérios de mudança”, frisou. “Ele convenceu a população e vai ter que convencer os vereadores para ter maioria”, completou.

Segundo Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Bernal “tem que descer do palanque e conversar com a Casa”. “Se ele não quiser diálogo com a Câmara vai ficar difícil”, frisou. “Ele está na campanha ainda; tem que pensar que não é mais candidato a prefeito e sim prefeito eleito”.

Sobre a emenda que alterou o percentual de abertura de créditos adicionais, o parlamentar reforçou as críticas. Segundo ele, o prefeito terá quase R$ 3 bilhões e só depois irá precisar de suplementação. “Ele não pode reclamar da suplementação ainda se ele nem gastou um real”.

Base de Bernal, a vereadora Thaís Helena (PT) disse esperar que a nova legislatura, com 29 parlamentares, represente um “novo tempo” e demonstrou confiança de que o novo chefe do Executivo Municipal vai construir maioria e fortalecer a relação com a Câmara.

Contudo, admitiu que a situação, marcada antes mesmo da posse do progressista, representa uma “crise desnecessária”. “Temos que auxiliá-lo a administrar Campo Grande. Foi desnecessária (crise) tanto para a Câmara quanto para os vereadores”.



Eo Bernal , quero continuar trabalhando estou de aviso esperando voce assinar o contrato da total desejo um feliz ano novo um abraço estou torcendo por voce muita coisas vai mudar para melhor adoro suas mensagens sou umas das milhares de suas ouvintes.
 
fabiana alves da rosa em 03/01/2013 18:29:05
O TAL BERNAL ,NEM COMEÇOU A ADMINISTRAR A CAPITAL E JÁ ESTÁ COM UM SALÁRIO DESTE 20.800,00 , E FICO TRSTE POIS TEM GENTE QUE AINDA NÃO CAIU A FIXA, COMO SERÁ A CIDADE DAQUI A 4 ANOS????
 
ELY MONTEIRO em 22/12/2012 10:56:43
O futuro "prefeito" da Capital do Estado de Mato Grosso do Sul, o ex radialista Alcides Bernal, sequer sabe do caminhão de onde caiu. Não acordou para a realidade de que foi eleito por votos de protesto. Não tem história política e muito menos postura de homem público, com esse linguajar livresco e vulgar, será uma lástima para Campo Grande/MS.
 
José da Silva Sampaio em 22/12/2012 10:24:56
É lamentável que tudo isso esteja acontecendo na Prefeitura da nossa cidade, com tudo isso somente nós, o povo, que pagamos nossos impostos em dia ira sofrer as consequências. Senhores Parlamentares com todo "respeito que merecem", parem de agir como crianças e comecem de fato a trabalhar pelo bem de todos, essa novela já esta ficando "nojenta" de acompanhar.
 
Rosimeire Torres em 22/12/2012 10:18:25
AOS VEREADORES VAMOS TRABALHAR PARA O POVO, DEPOIS NO SEGUNDO MANDATO PERDE O VOTOS DO ELEITORES, ESTA E GRANDE VERDADE A FINAL ESTÃO GANHANDO BEM, PARA DE BRIGA E ORA DE TRABALHO E UMA VERGONHA, ACABOU A ELEIÇÃO ESQUECE PARTIDOS SE E PMDB PPS VOCÊS AGORA E UMA FAMILIA TRABALHANDO PARA A POPULAÇÃO.
 
ITAMAR MADALENA em 22/12/2012 10:16:09
Os vereadores de campo grande começaram a mostrar as caras ...nao tendo o minimo de respeito pela populaçao que os elegeram....é uma vergonha isso que estao fazendo ...querendo prejudicar o novo prefeito ....ele nem assumiu ainda .....voces vereadores só defendem interesses proprios.....é nojento a atitudes de camara municipal....a ética e o respeito ficaram de lado.....onde ja se viu homens e mulheres que se dizem preparados para tal cargo agirem dessa forma....será que voces nao sentem vergonha do que estao fazendo ......se os senhores nao respeitam os eleitores que os colocaram ai ...tenham respeito por si próprio... lembrem-se pelo menos da educaçao dada pelas suas respectivas maes..nem criança age dessa maneira... este fato mostra quem realmente sao os vereadores de campo grande...
 
ROGERIO CARVALHO em 22/12/2012 10:14:31
O futuro prefeito tem visão e sabe onde há politicagem. Boa sorte prefeito, Campo Grande tem muito há, se espelhe no nosso governador, que até hoje foi o melhor prefeito dessa cidade, seja melhor que ele.
 
Elias Fernandes em 21/12/2012 22:33:21
O Prefeito está certo, nós estamos vendo que os vereadores estão preocupados em fazer barreiras e não de trabalhar pelo povo. Eu nunca vi um Verador no minha rua.
 
luiz alves em 21/12/2012 21:33:30
Rédua curta no prefeito, para que ele não comece a deslumbrar-se
 
arnaldo benicio da silva em 21/12/2012 16:30:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions