A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/06/2016 09:30

Dagoberto irá fazer pesquisa para avaliar sua candidatura a prefeito

Leonardo Rocha
Dagoberto diz que após pesquisa, PDT define candidatura (Foto: Divulgação)Dagoberto diz que após pesquisa, PDT define candidatura (Foto: Divulgação)

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) afirmou que fará uma pesquisa em Campo Grande para avaliar sua possível candidatura a prefeito. Ele disse que neste levantamento também estará o nome da ex-vereadora e correligionária Tereza Name. Após a definição do partido, a intenção é trazer o ex-governador Ciro Gomes, liderança nacional pedetista, para o lançamento da pré-candidatura.

"Esta pesquisa será quantitativa e qualitativa, para fazermos uma avaliação em relação as nossas possibilidades, vou discutir junto com a Tereza (Name), quem tem mais potencial, avaliar a rejeição e nossas chances", disse Dagoberto. Ele explicou que antes estava fora do páreo, porque não queria se defender de acusações durante toda a campanha.

"Agora fui absolvido pelo STF (Supremo Tribunal Federal), de acusações infundadas da minha gestão no Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), então estou livre para debater os projetos para Campo Grande, um plano de gestão", disse o pedetista.

Dagoberto acredita que além das propostas, o eleitor irá fiscalizar se os candidatos são "ficha-limpa", por isso era importante esta resposta sobre as denúncias. "Vamos aguardar as pesquisas e já começar a trabalhar". Ele revelou a vinda de Ciro Gomes, eventual pré-candidato do PDT, para eleição de 2018.

"Já era para ele ter vindo antes, mas pedimos um tempo a mais, para definir o candidato, então ele vem para o lançamento da pré-candidatura, vamos organizar a data". Sobre um possível apoio de lideranças do PT, o deputado disse que deve seguir este caminho, de aliança com grupos de esquerda.

"Sempre tive uma ótima relação com os movimentos sociais e sindical, por isso devo seguir nesta direção, caso seja candidato a prefeito", disse ele. Dagoberto se aproximou mais do PT, após ter votado contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na Câmara dos Deputados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions