A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/08/2009 11:10

De líder do prefeito, Pedra quer criar bloco de oposição

Redação

Da liderança do prefeito na Câmara Municipal, o vereador Paulo Pedra (PDT) inicia o segundo semestre do mandato com uma guinada de postura. No primeiro dia de trabalho, após o recesso, ele já anunciou que pretende criar um grupo de oposição ao prefeito.

Tido como maior defensor de Nelsinho Trad (PMDB), até o meio de ano, agora Pedra ataca. Demonstrou arrependimento de um dia ter assumido a função de líder e relacionou novamente o que o fez deixar o cargo.

Ele disse que abandonou a liderança do prefeito por ser contra o aumento da tarifa de esgoto, pelo fato do Executivo enviar projetos de última hora à Câmara sem comunicar a ele e pelo que ele considera falta de participação do partido na administração, já que os pedetistas com cargos na Prefeitura foram indicados pelo próprio Nelsinho.

Na lista de vereadores que serão convidados para formar o bloco opositor estão o companheiro de partido Loester Nunes, além de Alcides Bernal (PP) e dos petistas Thaís Helena e Cabo Almi.

O convite deve ser formalizado ainda hoje, mas em tribuna o articulador já mandou o recado.

De pronto, Bernal (PP) já refutou o convite de Pedra. Os dois ficaram em lados opostos durante todo semestre passado, e chegaram a trocar ofensas durante sessão, protagonizando um dos bate-bocas mais agressivos deste ano em tribuna.

Durante debate sobre demissão de guardas municipais, para defender a posição da prefeitura, Pedra chamou Bernal de demagogo e sugeriu que o vereador havia mentido.

Hoje, Bernal lembrou do episódio e depois justificou o motivo da resposta negativa à idéia de integrar o bloco de oposição. "Sou independente, isso de oposição ou situação no futuro não vai existir mais".

Thaís Helena considerou positiva a mudança de lado de Paulo Pedra e já aceitou engrossar o grupo, que é mais um sinal de como ficará o cenário durante a campanha eleitoral de 2010. "O Pedra demorou, mas acordou. Com certeza vamos comemorar a vinda do PDT", afirmou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions