A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/03/2012 12:45

Decisão sobre apoio do PSB na Capital será dos pré-candidatos a vereador

Wendell Reis
Lauro Davi acredita que uma coligação como o PP seria mais vantajosa para os pré-candidatosLauro Davi acredita que uma coligação como o PP seria mais vantajosa para os pré-candidatos

O deputado estadual Lauro Davi (PSB) ratificou o que foi declarado pelo colega de partido, vereador de Campo Grande, Carlos Augusto Borges, sobre o apoio do partido nas eleições da Capital em outubro de 2012. Segundo Lauro Davi, a decisão sobre o apoio caberá aos 11 pré-candidatos do partido a uma vaga na Câmara Municipal.

Lauro Davi explica que o partido aguarda a saída do atual presidente, Estevão Petralha, que comanda o PSB provisoriamente, para definir os rumos. A mudança, que segundo ele foi definida na última reunião da executiva no ano passado, quando o encontro virou caso de polícia, deve ocorrer no dia 23 de abril. Segundo Lauro Davi, o compromisso é de que o partido será administrado em Campo Grande pelo único que tem mandato na Câmara, vereador Carlão.

Apesar de afirmar que a decisão caberá ao grupo de pré-candidatos, Lauro Davi acredita que uma coligação como o PP seria mais vantajosa, partindo do princípio de que seus colegas de partido concorreriam em igualdade com os do PP em termos de estrutura financeira para a campanha e até do interesse de grupos políticos.

Ontem (19) o vereador Carlão declarou que a atual coligação com o PMDB não está boa para o partido e defendeu uma boa conversa para evitar que o PSB fique sem espaço. “Nós não temos nenhuma secretaria. Temos que amarrar isso antes para ter espaço principalmente nas áreas que atuamos, como por exemplo, a habitação”, exemplificou.



Lauro Davi fala em apoio a Bernal; Carlão defende discussão partidária
O deputado estadual Lauro Davi (PSB) informou na manhã desta terça-feira (28), durante sessão na Assembleia Legislativa, que está estudando a possibi...
Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions