A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/04/2010 10:42

Definição sobre Tita vai aguardar recuperação de Celina

Redação

Está indefinida a situação do ex-prefeito de Paranaíba, Diogo Tita (PPS), que até ontem ocupava uma vaga de deputado estadual na Assembleia Legislativa, mas que hoje perdeu o lugar com a volta à casa de Carlos Marun, após deixar a Secretaria de Habitação para concorrer à reeleição como deputado.

A previsão é que Tita volte a ter uma vaga, em substituição a Celina Jallad (PMDB), que está em licença médica, mas para isso ela teria de ampliar o prazo solicitado, de um mês para 120 dias, o que obrigaria a casa a convocar um suplente.

Ao falar do assunto nesta manhã, o governador André Puccinelli (PMDB), a quem Tita é bastante ligado, disse que o ex-prefeito de Paranaíba "merece" a vaga, mas que o assunto só será tratado depois que a deputada Celina Jallad estiver recuperada da cirurgia que fez como parte do tratamento de câncer.

A parlamentar está em São Paulo, onde foi submetida ao procedimento cirúrgico. Puccinelli lembrou que ela passou por uma cirurgia grande e que precisa ter o tempo dela para se recuperar plenamente.

A afirmação de Puccinelli foi feita depois de dizer que "Assembléia Legislativa é problema do Jerson (Domingos, presidente da Casa e também do PMDB)", e que não tem poder de decisão sobre o tema.

Enquanto a situação não se define, o deputado Carlos Marun voltou ainda não ocupou gabinete na casa, mas diz que não tem pressa para isso.

A expectativa em relação à acomodação de Tita Assembléia é que ele fique mesmo no lugar de Celina e que ela vá para o Tribunal de Contas do Estado, indicada pelo governador André Puccinelli, que hoje participou de solenidade na Corte e se reuniu com presidente do TCE, Cícero de Souza.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions