A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/02/2015 15:09

Delcídio diz que eleição do Congresso vai refletir nos cargos federais em MS

Senador deve se reunir nesta semana com os demais parlamentares do Estado

Juliene Katayama
Delcídio diz que está faltando coordenação política do governo federal (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Delcídio diz que está faltando coordenação política do governo federal (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O senador Delcídio do Amaral (PT) negou ser o coordenador da bancada federal para definir as indicações dos cargos federais. O petista explicou que o governo federal estava aguardando as eleições das Mesas Diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado.

Segundo Delcídio, as atitudes durante a campanha e votação dos presidentes no Congresso vai ter reflexo nas indicações dos cargos federais no Estado. “As coisas não foram definidas porque o governo estava esperando eleição das mesas. Agora começam os desdobramentos”, afirmou o petista.

As reeleições dos presidente da Câmara e do Senado mostrou um cenário desfavorável para o governo. O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) enfrentou o candidato governista Arlindo Chinaglia (PT-SP). Apesar de ser de um partido aliado, o peemedebista já teve atitudes contrárias.

“Eleição foi dura na Câmara dos Deputados e, naturalmente, precisa do período de acomodação já que as coisas não aconteceram naturalmente”, afirmou Delcídio. Já no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) recebeu apoio da maioria dos aliados da presidente Dilma Rousseff (PT) e derrotou Luiz Henrique (PMDB-SC).

Diante do cenário, as conversas sobre cargos federais foram adiadas para depois do Carnaval. Delcídio diz acreditar que nesta semana os parlamentares sul-mato-grossenses aliados devem se reunir para conversar as indicações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions