A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/08/2014 11:15

Delcídio ganha direito de resposta em jornal por matéria da CPI da Petrobras

Renan Nucci
Direito de resposta do Delcídio deve ser publicado no próximo dia 27. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Direito de resposta do Delcídio deve ser publicado no próximo dia 27. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) garantiu direito de resposta ao senador Delcídio do Amaral (PT), candidato ao governo do Estado, por conta da matéria “Delcídio é intimado para depor na CPI da Petrobras”, publicada no dia 7 deste mês, pelo Jornal Correio do Estado.

A reportagem afirmou que Delcídio havia sido convocado a pedido do deputado federal Fernando Francischini (PR), para prestar explicações à CPI da Petrobras. Por sua vez, o senador alegou que “houve apenas protocolo de requerimento no sentido de que o Presidente da CPI solicitasse a presença do representante para prestar esclarecimentos e que o referido pedido nem sequer teve trâmite”. 

O jornal apontou ainda que o o candidato do PT seria o responsável por coordenar media trainning a pessoas envolvidas em fraudes, o colocando como coordenador do "treinamento de corruptos".

“Por tudo isso considerado, defiro parcialmente o pedido de direito de resposta, somente no que pertine às afirmações sobre o pretenso papel de coordenador de todo o treinamento dessa gente corrupta, pessoas envolvidas em fraude, o treinamento da corrupção, o media trainning para a corrupção [...] por ser inverídica”, afirmou o desembargador Romero Osme Dias Lopes.

A decisão ainda prevê que o jornal terá que publicar o direito de resposta de Delcídio com o mesmo destaque e nas mesma páginas da matéria em questão, na edição a ser veiculada no próximo dia 27 (quarta-feira), sob pena de multa diária avaliada em R$ 25 mil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions