A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/04/2013 07:46

Delcídio lamenta precariedade da ferrovia Corumbá até Bauru

Carlos Martins
Ferrovia apresenta quase 90% de ociosidade, diz senador Delcídio do Amaral  (Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)
"Ferrovia apresenta quase 90% de ociosidade", diz senador Delcídio do Amaral (Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)

As condições precárias da ferrovia que liga Corumbá (MS) a Bauru (SP) foi tema de pronunciamento do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) nesta quinta-feira no Senado Federal. Segundo Delcídio, a antiga Ferrovia Noroeste do Brasil tem todas as condições de funcionar como uma ferrovia de integração nacional e de integração com os países vizinhos. A concessão da ferrovia é da América Latina Logística (ALL).

“Lamentavelmente, essa ferrovia se encontra em condições absolutamente precárias. Apresenta quase 90% de ociosidade, dormentes que precisam ser trocados, trilhos que precisam ser trocados. É uma ferrovia de bitola métrica quando, na verdade, nós precisaríamos de uma ferrovia de bitola larga”, disse o senador.

Para Delcídio, a recuperação da ferrovia é essencial para o País, pois significará a redução do preço do frete no escoamento da produção. Ele garantiu que a bancada sul-mato-grossense trabalhará intensamente em busca de uma solução.

“A grande realidade é que, a despeito de tudo aquilo que anunciaram, pouco foi feito. A ferrovia pouco avançou nos últimos meses e nos últimos anos. Se existe uma privatização malfeita, que já começou errada desde o início, foi a privatização, melhor dizendo, o arrendamento da malha viária da antiga Noroeste do Brasil”, protestou.

Delcídio Amaral ainda destacou dois projetos da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) de extrema importância para o Mato Grosso do Sul: a ramificação da Ferrovia Norte-Sul até Dourados (MS), chegando eventualmente até Porto Murtinho (MS), e a construção de uma ferrovia do Paraná até Maracaju (MS).

“Essas duas ferrovias são fundamentais para o desenvolvimento do Mato Grosso do Sul”, analisou.

Delcídio apontou também a necessidade de investimento nas rodovias e hidrovias de Mato Grosso do Sul a fim de garantir o desenvolvimento do estado.

“Nós temos uma expectativa muito grande no sentido de garantir esses investimentos para o nosso estado, investimentos importantes”, disse o senador.

Ferroanel - Delcídio ainda apontou a necessidade de se colocar em prática as obras do ferroanel em São Paulo. Ele explicou que muitas composições ferroviárias que vem do Centro-Oeste, quando chegam a São Paulo, disputam espaços da via férrea com o transporte de passageiros. “Muitas composições precisam esperar para depois descer ao Porto de Santos”, observou.



É o grande lobby das empresas de transporte rodoviário que vem financiando campanhas de presidentes do nosso país. O problema é histórico e o senador só está falando isto porque está em campanha. É lamentável, porque não falou isso desde o primeiro mandato que foi em 2002?
 
Carlos Marques em 19/04/2013 10:05:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions