A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

28/10/2018 09:36

Depois de fila e tumulto no 1ª turno, eleitores aprovam troca de escola

Justiça Eleitoral transferiu local de votação na Mata do Jacinto após reclamações em 7 de outubro

Aline dos Santos e Izabela Sanchez
Depois de fila e tumulto no 1ª turno, eleitores aprovam troca de escola
Na Mata do Jacinto, escola recebeu eleitores que relataram problemas no primeiro turno. (Foto: Izabela Sanchez)Na Mata do Jacinto, escola recebeu eleitores que relataram problemas no primeiro turno. (Foto: Izabela Sanchez)

Depois de sofrerem no primeiro turno com filas e aperto, eleitores transferidos da escola Amarelinha para a escola municipal Professor Virgílio Alves Campos, ambas na Mata do Jacinto, relatam votação tranquila neste segundo turno e tempo de espera de, em média, 15 minutos.

“A pior votação foi no primeiro turno. Tive que ir até ao TRE [Tribunal Regional Eleitoral] para saber em que sala votava, não conseguia informação na escola. Foram cerca de duas horas na fila, mesmo sendo idosa”, afirma a aposentada Maria Jerusa, 69 anos.

Hoje, a espera foi de dez minutos. “Foi excelente a votação, deu gosto de votar”, diz. O comparativo também é feito pela telefonista Damazia Salazar, 41 anos. “No primeiro turno foi demorado. Hoje, se fiquei 15 minutos na fila foi muito”, afirma.

De acordo com Suelen Medina, auxiliar de serviços eleitorais, são 11 seções na escola. “Algumas pessoas ficaram confusas e foram para a Amarelinha antes de virem para cá. Mas deixamos uma pessoa orientando”.

Mudança – Neste segundo turno, eleitores que votaram na Igreja Presbiteriana, na Vila Popular, devem se dirigir para a escola municipal Frederico Soares, que fica na avenida Rádio Maia, 410.

Depois de fila e tumulto no 1ª turno, eleitores aprovam troca de escola


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions