A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

03/03/2016 23:34

Deputado bate-boca com manifestante em MS e reclama de "ódio crescente"

Nyelder Rodrigues

A chegada do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) em Campo Grande, na noite desta quinta-feira (3), no Aeroporto Internacional, foi conturbada. Ele veio participar de dois eventos na Capital, e teve que enfrentar, conforme publicação dele no Facebook, a ira de um manifestante.

O deputado carioca relatou o fato em sua página pessoal com o texto intitulado Nova Crônica do Absurdo. Segundo ele conta, o casos aconteceu após ser abordado por um jovem que pediu para tirar foto com ele, elogiando também sua atuação parlamentar em Brasília (DF).

"Percebi que havia no aeroporto uma manifestação de grupos antipetistas que estavam aguardando a saída de deputados do PT que, por acaso, viajavam no mesmo voo que eu para retornarem ao seu Estado. A questão não era comigo, mas, de repente, um senhor que fazia parte da turba me reconheceu, veio me insultar sem qualquer motivo", escreveu Jean.

Ainda conforme a publicação, o homem tentou agredir o deputado, sendo contido por membros da Defensoria Pública Estadual, que aguardavam a chegada de Wyllys. O deputado também diz que ao enfrentar o manifestante e dizer que chamaria a polícia, ele pediu para que a polícia não fosse acionada.

"O que me deixa assustado é o ódio crescendo em nossa sociedade e o fascismo se manifestando sem pudor, formando um exército de burros orgulhosos, pessoas que exibem sua ignorância e seu desprezo pelas formas democráticas e se acham corajosas por isso. O que me assusta são as cores sombrias do Facebook escurecendo a vida real", frisou Jean.

Desculpas - Logo após a publicação, vários campo-grandenses usaram o espaço de comentários para pedir desculpas ao deputado em nome da população do Mato Grosso do Sul.

"Deputado Jean! Venho aqui como cidadão de Mato grosso do sul, lhe pedir desculpas em nome de todos nós, pessoas de bem desse Estado. Fiquei super envergonhado, pois vim no mesmo voô que o senhor, e presencie tamanha barbárie. Tive o privilégio de conversar com você", afirma o rapaz que conversou com Wyllys em sua chegada

Outra pessoa escreveu "Estou indignado, envergonhado, é um absurdo você chegar aqui e ser recebido desta forma! Amanhã estaremos contigo na UFMS! Infelizmente eu também não estou surpreso com esse tipo de atitude em um dos estados mais violentos contra LGBT".

Nessa sexta-feira (3), Jean ministra a partir das 9h na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) uma palestra sobre os caminho dos direitos da população LGBT no parlamento, enquanto que às 14h ele falará na Escola Superior da Defensoria Pública Estadual sobre a aplicabilidade ou não da Lei Maria da Penha para casais homoafetivos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions