A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/02/2012 13:14

Deputado cobra mais fiscalização contra trotes violentos

Wendell Reis
Deputado disse que vai enviar requerimento à Sejusp para saber como está a fiscalização dos trotes(Foto: Divulgação/ Giuliano Lopes)Deputado disse que vai enviar requerimento à Sejusp para saber como está a fiscalização dos trotes(Foto: Divulgação/ Giuliano Lopes)

O deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (28) para cobrar uma fiscalização maior contra os trotes violentos em universidades de Campo grande.

Arroyo informou que apresentará um requerimento à Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) para averiguar o que está sendo feito para combater a violência contra os recém chegados nas universidades, chamados de calouros.

O deputado avaliou que é preciso saber o que está sendo feito, para evitar que ocorra uma tragédia. Antônio Carlos Arroyo é autor de um projeto de lei que prega a substituição do trote violento por práticas culturais nas universidades.

No dia 30 de janeiro o Campo Grande News relatou o drama da mãe de um adolescente de 17 anos que foi obrigado a beber gasolina durante um trote. Ela relatou que o adolescente que cursa direito teve que ser encaminhado ao posto de saúde após ingerir o combustível durante um trote. A época, o médico do posto de saúde relatou que outros adolescentes foram encaminhados ao hospital por ingerir bebida alcoólica em excesso durante os trotes.



Sou formada há mais de 25 anos, pela PUC de São Paulo, onde já naquela época os calouros eram recepcionados com uma programação cultural no lendário TUCA. É incrível que, em pleno século XXI, ainda somos informados de que acadêmicos recepcionam seus colegas com violência. E o que é pior: as instituições de ensino parecem absolutamente alheias a este "espetáculo dantesco".
 
Mônica Ferreira de Sousa em 28/02/2012 04:23:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions