A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

12/02/2015 13:16

Deputados definem comissões e elegem a maioria das presidências

Leonardo Rocha
Deputados definem comissões permanentes e maioria das presidências (Foto: Roberto Higa/ALMS)Deputados definem comissões permanentes e maioria das presidências (Foto: Roberto Higa/ALMS)

Os deputados estaduais definiram hoje (12), durante a manhã, a formação das 15 comissões permanentes da Assembleia Legislativa. Após a sessão, os lideres das bancadas se reuniram e conseguiram entrar em acordo em relação a presidência de 11 comissões. Já a CCJR (Comissão de Constituição e Justiça e Redação), a mais disputada da Casa, não houve decisão oficial, mas José Carlos Barbosa (PSB) é o favorito.

De acordo com o líder do PMDB, o deputado Eduardo Rocha, além da CCJR, outras três comissões ainda não definiram seus presidentes, são elas: Finanças e Orçamento, Comissão de Obras, Transporte e Infraestrutura, além do Controle e Eficácia Legislativa.

"Algumas ainda faltam detalhes para definir, já a de Constituição e Justiça será resolvida pelos próprios integrantes, sem a participação dos líderes", disse ele.

Houve uma reformulação das comissões, após a formação do bloco dos partidos pequenos, que com 10 integrantes, conseguiram indicar dois representantes para cada comissão, restando as maiores bancadas como PMDB, PSDB e PT indicarem o restante dos membros.

As comissões ficaram composto da seguinte forma: CCJR (Comissão de Constituição Justiça e Redação) foi formada por José Carlos Barbosa (PSB), Lídio Lopes (PEN), Amarildo Cruz (PT), Maurício Picarelli (PMDB) e Flávio Kayatt (PSDB).

Comissão de Finanças e Orçamento terá Felipe Orro (PDT), Grazielle Machado (PR), Antonieta Amorim (PR), Rinaldo Modesto (PSDB) e João Grandão (PT). Agricultura e Pecuária terá como presidente Márcio Fernandes (PT do B) e João Grandão como vice, completando o grupo Beto Pereira (PDT), Renato Câmara (PMDB), Ângelo Guerreiro (PSDB).

Na Educação e Cultura terá Pedro Kemp (PT) como presidente, tendo Mara Caseiro (PT do B), José Carlos Barbosa, Antonieta Amorim e Rinaldo Modesto. Já na Saúde o comando será de Mara Caseiro, tendo Grazielle Machado, Renato Câmara, Onevan de Matos (PSDB) e Amarildo Cruz (PT).

Nos Direitos Humanos, Lídio Lopes (PEN) presidente e Rinaldo vice, completando com George Takimoto (PDT), Eduardo Rocha (PMDB) e Pedro Kemp. Para Comissão de Obras e Transporte terá Grazielle, Márcio Fernandes (PT do B), Renato Câmara, Ângelo Guerreiro e Amarildo Cruz.

No Acompanhamento Orçamentário ficaram Grazielle, Takimoto, Renato Câmara, Onevan e João Grandão. No Controle de Eficácia Legislativa, Beto Pereira (presidente), Paulo Corrêa (PR) vice-presidente, Márcio Fernandes, Onevan e Ângelo Guerreiro. Para o Turismo e Indústria, Paulo Corrêa (presidente), Eduardo Rocha (vice-presidente), Mara Caseiro, Flávio Kaiatt e Beto Pereira.

A Comissão de Meio Ambiente será presidida por Amarildo Cruz, tendo Rinaldo Modesto como vice, completando com Felipe Orro, Eduardo Rocha e José Carlos Barbosa. Na Segurança, o comando será de Pedro Kemp, tendo como vice Antonieta Amorim, seguido por José Carlos Barbosa, Lídio Lopes e Flávio Kaiatt.

No Desenvolvimento Agrário ficaram João Grandão (presidente), Lídio Lopes (vice-presidente), Eduardo Rocha, Beto Pereira e Ângelo Guerreiro. Para a Defesa do Consumidor estão Maurício Picarelli (presidente), Onevan de Matos (vice-presidente), Paulo Corrêa, Márcio Fernandes e Pedro Kemp.

Já na Comissão de Assistência Social estão Antonieta Amorim (presidente), Flávio Kayatt (vice), Maurício Picarelli, Mara Caseiro e Felipe Orro. "Houve pouca divergência, cada líder procurou atender a sua bancada, posso dizer que meu partido abriu mão de muitos espaços para buscar o consenso", disse Eduardo Rocha.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions